Notícias
Prefeitura Municipal de Borda da Mata - Itens filtrados por data: Domingo, 27 Outubro 2019

Uma conversa sobre Borda da Mata e sua história organizada em uma grande roda, promovida na Câmara Municipal, no dia 30/10, às 19h, pelo Festival de Arte de Borda da Mata, o Festar Literário. Cerca de 30 moradores, de todas as idades, foram convidados para atuarem como comentaristas do evento, que será mediado por três pessoas: Marília Lopes, Léo Guimarães e Antônio Carlos de Rezende. 

 

Os assuntos da pauta estão organizados em temas para trazer à tona lembranças e histórias. Os temas foram sugeridos por Maria Rita Bertolaccini, da Casa do Piano, organizadora do festival junto com a Prefeitura, tais como o antigo prédio do GELAM, atual EELAM, o chamado "grupo de lata", o Mobral e a biblioteca atrás da igreja matriz, o curso de Magistério e de Contabilidade no Colégio Nossa Senhora do Carmo, o Conservatório que funcionou no salão da Igreja Presbiteriana, a catequese de Dona Sebastiana Marques, a Banda e os ensinamentos musicais de Roque Bento da Silva, o Sr. Augusto Martins e seu violino, o cine São Pedro e a atuação de Adélia Lopes, os sabores dos doces, sorvetes e guloseimas de bares e padarias da cidade, entre outros assuntos.

 

Após a roda de conversa acontece o lançamento do livro “Escritos, Proseios e Cantorias” de Léo Guimarães, pela editora Recanto das Letras. O evento é aberto a toda a população e espera receber muita gente interessada em cultura e história locais. 

 

Enquanto os eventos do Festar Literário acontecem, nas escolas municipais, professores e alunos estão estudando o livro de João Bertolaccini "Borda da Mata e sua história" e preparando trabalhos que serão apresentados na Praça Nossa Senhora do Carmo, no dia 9/11. 

 

ARTE NA PRAÇA 

Como parte da programação do Festar Literário 2019, a cidade recebeu uma intervenção cultural na Praça Nossa Senhora do Carmo, na manhã de 19/10, em que crianças e famílias puderam participar das atividades oferecidas: yoga para crianças, desenho com giz e papel e oficina de quilling. 

A instrutora de yoga Carolina Sáber trabalhou a prática com cerca dezenas de crianças nos tatames dispostos na praça. Já na atividade de desenho, Mária Rita Bertolaccini trabalhou o tema da antiga Estação Ferroviária de Borda da Mata, passagem presente no livro estudado durante o Festar Literário 2019. As alunas da Escola Municipal Professora Diva Ribeiro, Palemã e Felícia, leram trechos e contaram às crianças os relatos do autor sobre os trilhos que por muitos anos passaram por Borda da Mata e impulsionaram a economia da época. 

Para finalizar, o oficina de quilling com Fátima Carvalho apresentou uma técnica até então desconhecida por muitos. O quilling trabalha filigranas de papel e os transforma em arte. 

De acordo com Marília Lopes, uma das idealizadoras do Festar, o festival tem cumprido seu papel de levar arte aos espaços de Borda da Mata "estamos na segunda edição do Festar Literário e temos também o Festar Gastronômico e o Festar Extreme que estão acontecendo para proporcionar conhecimento, arte e cultura para a população e ainda movimentar a economia da cidade.”  

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Filtro por data

« Outubro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Mais lidas