Notícias

Atualizado em 24/03 às 9h15

As vacinas restantes do lote inicial de segunda-feira, 23, 1º dia da campanha, se esgotaram logo no início da manhã de terça-feira, 24. A vacinação contra a gripe continua na sexta-feira, 27, na Escola Municipal Benedita Braga Cobra, das 8h às 15h. Durante a semana, a equipe da Vigilância em Saúde encontra-se na sala de vacinas da UBS do Centro. Para mais informações, busque atendimento pelo telefone 3445 4954 ou pelo WhatsApp da Secretaria de Saúde 35 9 9885 9040. 

***

Com a procura pela vacina contra a gripe e pela antecipação da campanha pelo Ministério da Saúde em todo o Brasil, as doses estão sendo liberadas em pequenas quantidades aos municípios. Em Borda da Mata, o quantitativo inicial deve ser suficiente até terça-feira, 24, mas de acordo com a secretária de Saúde, Rosaly Esther, na quinta-feira o município já recebe mais um lote e a vacinação continua sexta-feira, na escola, “todas as pessoas dos grupos de risco podem ficar tranquilas que serão todas imunizadas. A campanha vai até o dia 9 de maio e a expectativa é vacinar mais de 7 mil pessoas ao longo dos dois meses em Borda da Mata.”

A vacina imuniza contra três tipos de vírus: Influenza, H1N1 e H3N2. Embora ela não protege contra o novo coronavírus, ajuda no diagnóstico caso a pessoa vacinada apresente os sintomas.

 

NA ESCOLA

A Escola Municipal Benedita Braga Cobra foi escolhida para ser o local da campanha de vacinação por ser ampla, aberta e ventilada. O pátio foi utilizado para receber as pessoas, além disso, foram utilizados dois portões: um para entrada e outro para saída dos vacinados. Além da equipe da Vigilância Epidemiológica (quatro pessoas), mais duas enfermeiras e três agentes de saúde auxiliaram na campanha.

 

SALA DE VACINAS

Conforme explica a enfermeira responsável pela Vigilância em Saúde, Grazieli Siqueira, com o término das doses, nesta primeira semana, previsto para terça-feira, a equipe volta para a UBS do Centro com a vacinação de rotina. Na sexta-feira, 27, a estrutura é montada na escola de novo para atender a população do grupo de risco da primeira etapa (Idosos a partir de 60 anos, Profissionais da Saúde e Pessoas portadoras de deficiência).

 

VACINAÇÃO EM CASA

Para os idosos acamados ou com dificuldade de locomoção, as equipes da Saúde da Família fazem o acompanhamento e vão aplicar a vacina contra a gripe nos domicílios a partir do dia 30/03.

 

SEM PRECISAR DESCER DO CARRO

No primeiro dia da campanha em Borda da Mata, aqueles que foram acompanhados e optaram por receber a vacina dentro do carro, após o acompanhante fazer a ficha, uma das enfermeiras da equipe de trabalho foi até o carro aplicar a vacina.

 

CALENDÁRIO

Primeira fase: 23/03 – Idosos, Profissionais da Saúde e Pessoas portadoras de deficiência

Segunda fase: 16/04 – Professores, Profissionais das Forças Armadas e Doentes Crônicos

Terceira fase: 09/05 (Sábado – DIA D) – Crianças, Gestantes, Puérperas, Indígenas e Adultos de 55 a 59 anos

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

O Boletim Epidemiológico de Borda da Mata, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde em 21/03, mostra que o município está com 10 casos de pessoas em isolamento familiar, detectados na sexta-feira, 20, com monitoramento pela Equipe de Saúde da Família e Vigilância em Saúde. Destes casos, dois apresentam sintomas suspeitos do novo coronavírus (Covid-19).

A secretária municipal de Saúde, Rosaly Esther, alerta toda a população para seguir as orientações das autoridades que é FICAR EM CASA, “principalmente quem chegou de viagem ou quem está vindo passar a quarentena em Borda da Mata, especialmente das cidades onde já tem casos confirmados da doença”.

O prefeito André Marques reforça que o município está atento e vem tomando medidas de prevenção ao avanço do coronavírus “pedimos a colaboração e a compreensão de todos neste momento de incertezas em todo o país e no mundo. Certamente a prevenção vai nos livrar de confirmações.”


CONFIRA NESTE LINK TODAS AS MEDIDAS ADOTADAS PELA PREFEITURA CONTRA O CORONAVÍRUS

 

ASSISTÊNCIA MÉDICA À DISTÂNCIA

Em casos de sintomas, em primeiro lugar, busque orientação por telefone, com a Equipe da Saúde da Família de referência no seu bairro ou ainda no Pronto Atendimento. Os profissionais da Saúde Municipal de Borda da Mata estão fazendo o monitoramento dos casos nos domicílios. O ISOLAMENTO DOMICILIAR é a melhor maneira de evitar a propagação do vírus.

WhatsApp Secretaria Municipal de Saúde 35 9 9885 9040

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

 

Desde as 18h desta sexta-feira, 20, entrou em vigor em Borda da Mata os decretos 4.262 e 4.265, que determinam a suspensão das atividades de parte do comércio como forma de prevenção ao Covid-19. A medida segue orientações das autoridades em saúde, que apontam a redução do contato social e de aglomerações de pessoas como forma mais eficaz de barrar a propagação do vírus..

 

Para garantir seu cumprimento, o setor de Fiscalização e Posturas, com o apoio da Polícia Militar, estão de prontidão. Em alguns casos, eles precisaram determinar o fechamento de bares que estavam desrespeitando os decretos. A ação desta sexta contou com a atuação do fiscal de Postura Robson Lima, sargento Machado e cabo Moreira.

 

“O momento é grave. Sem pânico, mas com muita responsabilidade, precisamos ser colaborativos, solidários e compreensivos. Juntos, vamos passar por esta tormenta e sairemos mais fortes dela. No entanto é preciso que cada um de nós tenhamos a máxima consciência. Estamos lutando contra um inimigo invisível. Não há nenhum caso suspeito da doença em nossa cidade, mas a experiência em outros países, onde a pandemia está mais avançada, mostra que o que estamos fazendo aqui é a melhor forma de salvar vidas e é isso que seguiremos fazendo”, afirma o prefeito André Marques.

 

As ações adotadas pela Prefeitura de Borda da Mata para prevenir o Coronavírus seguem orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde, Decreto de Emergência e Calamidade Pública do Governo do Estado e o Decreto Municipal 4.259, que declarou estado de emergência em saúde no município para o enfrentamento do novo coronavírus, o Covid-19.

 

>> Confira as medidas adotadas pela Prefeitura de Borda da Mata para prevenir o Covid-19.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

 

A Prefeitura de Borda da Mata segue com ações diárias para adotar medidas de prevenção à pandemia de coronavírus e proteger a saúde da população. Nesta sexta-feira, 20, foi publicado um novo decreto, o 4.265. Ele atualiza o Decreto 4.262 de 19 de março, que disciplinou o funcionamento de estabelecimentos comerciais e empresas para evitar aglomeração de pessoas. De acordo com as autoridades em saúde, a medida é a mais importante a ser adotada para evitar a propagação do vírus.

 

Clique neste link e confira os decretos 4.259, 4.262 e 4.265, que estabelecem medidas para prevenção ao Covid-19 em Borda da Mata

 

O decreto desta sexta-feira permite o funcionamento das fábricas em horário reduzido, com até 30% da quantidade de funcionários por turno. Ainda assim, deve-se respeitar o protocolo para evitar a disseminação do vírus e os pontos comerciais das fábricas também devem permanecer fechados.

 

Os funcionários devem ficar a distância mínima de dois metros e os horários de refeição e descanso devem ser flexibilizados para evitar aglomeração. As fábricas também devem dispensar, por tempo indeterminado, os funcionários com mais de 60 anos, com doenças crônicas e com baixa imunidade.

 

O decreto de hoje também traz novas recomendações às padarias, que devem retirar de seus comércios mesas e cadeiras. Já os cafés só estão autorizados a funcionar via delivery e drive thru.

 

Prefeitura explica medidas a empresários e comerciantes

No início da tarde desta sexta-feira, membros do Comitê Gestor de Operações de Emergência - COES - Borda da Mata estiveram na Associação Comercial da cidade explicando as medidas adotadas para comerciantes e emrpesários. A secretária municipal de Saúde, Rosaly Esther, frisou que as medidas são fortes, mas necessárias para enfrentar a pandemia mundial e assegurar que a doença não atinja a cidade.

 

Confira como fica o funcionamento para todas as empresas e estabelecimentos comerciais:

 

Devem permanecer fechados:

 

  • casas de shows e espetáculos de qualquer natureza;
  • boates, danceterias, salões de dança;
  • casas de festas e eventos;
  • feiras, exposições, congressos e seminários;
  • centros de comércio e galerias de lojas;
  • escritórios em geral;
  • clubes de serviço e de lazer;
  • academia, centro de ginástica e estabelecimentos de condicionamento físico;
  • clínicas de estética e salões de beleza, barbearias, manicures e congêneres;
  • parques de diversão e parques temáticos,
  • bares, restaurantes, lanchonetes e cafés;
  • Igrejas, centros religiosos e casas de orações;
  • Lojas e comércio de bens duráveis, inclusive as localizadas às margens da rodovia MG 290;

 

Funcionamento com protocolos de segurança

Podem funcionar, desde que obedecendo protocolos de segurança e medidas preventivas indicadas pelas autoridades em saúde e decretos municipais decorrentes da declaração de emergência em saúde pública no município. 

 

Esses estabelecimentos devem receber um número limitado de clientes por vez, que é de 15 para supermercados e 3 para os demais; também deve-se garantir que os clientes permaneçam a distância mínima de dois metros:

 

  • supermercados
  • minimercados 
  • mercearias 
  • farmácias
  • laboratórios 
  • clínicas 
  • casas agropecuárias 
  • lotéricas 
  • bancos 
  • padarias 
  • postos de gasolinas 
  • oficinas mecânicas 
  • hospitais e demais serviços de saúde.

 

Bares, restaurantes, lanchonetes e cafés

Estes estabelecimentos não podem ser abertos ao público, mas, desde que disponham de estrutura e logística para tal, poderão efetuar entrega em domicílio e disponibilizar a retirada no local de alimentos prontos e embalados para consumo fora do estabelecimento.

 

Hotéis e pousadas

Fica proibida a recepção de novos hóspedes, mas os que já se encontram nesses locais podem ser atendidos normalmente.

 

Suspensão de eventos

O decreto também suspende a autorizações para eventos em propriedades públicas e privadas; autorizações de feiras em propriedade; autorizações para atividades de circos e parques de diversões; atividades físicas em academias ao ar livre.



Indústrias e estabelecimentos fabris

As indústrias e fábricas poderão funcionar de forma reduzida com até 30% da quantidade de funcionários por turno e mantendo distância mínima de dois metros entre eles. Os horários de refeição e descanso também devem ser flexibilizados para evitar aglomerações.

 

Funcionários com mais de 60 anos, com doenças crônicas ou baixa imunidade devem ser dispensados por tempo indeterminado.

 

Fiscalização

Todas as medidas passam a valer a partir das 18h desta sexta-feira, 20. O cumprimento do decreto será observado pelos fiscais da Prefeitura. Em caso de necessidade, eles terão apoio da Polícia Militar.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

O Ministério da Saúde antecipou a campanha nacional de vacinação contra a gripe (Influeza) por conta da pandemia mundial do novo coronavirus (Covid-19). Além disso, a vacinação vai acontecer por etapas entre os grupos de risco. Idosos, profissionais da saúde e pessoas portadoras de deficiências foram priorizados. Com o passar dos dias, outros grupos do público-alvo terão direito às doses (calendário abaixo).

Os idosos – pessoas a partir de 60 anos – estão em primeiro lugar na fila porque de acordo com estudos e estatísticas das autoridades de saúde são as pessoas mais suscetíveis às complicações do novo coronavírus, mas isso não significa que a vacina evita o ataque do novo vírus, mas protege do vírus influenza (causador da gripe),o que impede uma sobrecarga do sistema respiratório que agravaria um eventual ataque do novo coronavírus. A vacinação também ajuda a diferenciar entre gripe e a Covid-19.

 

LOCAL DA VACINAÇÃO EM BORDA DA MATA

Para manter a distância de segurança, a equipe da Vigilância em Saúde vai aplicar as doses nesta primeira semana na Escola Municipal Benedita Braga Cobra (Grupo), Centro. O atendimento vai acontecer das 8h às 15h.

Para receber a dose da vacina, a pessoa precisa levar documento pessoal, carteira de vacinação e carteira profissional para os trabalhadores da saúde.

Por conta do atendimento na escola, a sala de vacinas que fica na UBS Monsenhor Pedro Cintra vai ficar FECHADA. Na próxima semana, a campanha continua na Sala de Vacinas (UBS Centro), observando todas as medidas de proteção.  

 

CALENDÁRIO

  • Primeira fase: 23/03 – Idosos, Profissionais da Saúde e Pessoas portadoras de deficiência
  • Segunda fase: 16/04 – Professores, Profissionais das Forças Armadas e Doentes Crônicos
  • Terceira fase: 09/05 (Sábado – DIA D) – Crianças, Gestantes, Puérperas, Indígenas e Adultos de 55 a 59 anos

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

 

Setores ligados ao comércio de bens, lazer e serviços serão fechados, enquanto setores ligados a venda de itens essenciais, como supermercados, farmácias e postos de gasolina terão de seguir protocolo da Saúde

 

O Comitê Gestor de Operações de Emergência, formado pela Prefeitura de Borda da Mata, para o enfrentamento da pandemia global do Covid-19, se reuniu no final da tarde e início da noite desta quinta-feira, 19, para deliberar sobre a suspensão de atividades em estabelecimentos comerciais, indústrias e outros locais em que há aglomeração de pessoas.

 

O grupo optou pela suspensão total de atividades em alguns setores, parcial em outros e definiu protocolo de atendimento para supermercados, farmácias, postos de gasolina e outros estabelecimentos que ofertam itens essenciais.

 

A medida foi publicada em um decreto complementar ao decreto que declarou situação de emergência no município e passa a valer a partir de 18h desta sexta-feira, 20, quando ficam suspensas as atividades dos seguintes estabelecimentos:

 

  • casas de shows e espetáculos de qualquer natureza;
  • boates, danceterias, salões de dança;
  • casas de festas e eventos;
  • feiras, exposições, congressos e seminários;
  • centros de comércio e galerias de lojas;
  • escritórios em geral;
  • clubes de serviço e de lazer;
  • academia, centro de ginástica e estabelecimentos de condicionamento físico;
  • clínicas de estética e salões de beleza, barbearias, manicures e congêneres;
  • parques de diversão e parques temáticos,
  • bares, restaurantes, lanchonetes e cafés;
  • Igrejas, centros religiosos e casas de orações;
  • Fábricas;
  • Lojas e comércio de bens duráveis, inclusive as localizadas às margens da rodovia MG 290;

 

No caso de bares, restaurantes, lanchonetes e cafés, caso tenham estrutura e logística adequadas, esses estabelecimentos poderão efetuar entrega em domicílio e disponibilizar a retirada no local de alimentos prontos e embalados para consumo fora do estabelecimento.

 

A suspensão não afeta estabelecimentos que ofertam itens essenciais, mas, mesmo neles deve ser observado o limite de clientes que podem permanecer juntos no estabelecimento, que é de 15 para supermercados e três para os demais estabelecimentos. Ainda assim, é necessário que todas as pessoas presentes nestes estabelecimentos mantenham distância mínima entre si de 2 metros. Além disso, devem ser observada as medidas estabelecidas pelas autoridades de saúde de prevenção ao contágio e contenção da propagação de infecção viral relativa ao COVID-19.

 

Os estabelecimentos que se enquadram neste quesito, segundo o decreto complementar, são os seguintes: supermercados, minimercados, mercearias, farmácias, laboratórios, clínicas, casas agropecuárias, lotéricas, bancos, padarias, postos de gasolinas, oficinas mecânicas, hospitais, e demais serviços de saúde.

 

Quanto a hotéis e pousadas, fica proibida a recepção de novos hóspedes, mas o que já se encontram nesses locais podem ser atendidos normalmente.

 

Suspensão de eventos

O decreto também suspende a autorizações para eventos em propriedades públicas e privadas; autorizações de feiras em propriedade; autorizações para atividades de circos e parques de diversões; atividades físicas em academias ao ar livre.

 

Fiscalização

O cumprimento do decreto será observado pelos fiscais da Prefeitura. Em caso de necessidade, eles terão apoio da Polícia Militar.

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

 

Atualizado às 16h50 de 20 de março de 2020 

 

A Prefeitura de Borda da Mata decretou situação de emergência em saúde pública como forma de preparar o município para a pandemia global do Covid-19.

 

É importante ressaltar que o município ainda não tem qualquer caso suspeito da doença, mas a experiência em países que já estão em um estágio avançado da pandemia mostra que a prevenção é a melhor forma de proteger a população, em especial idosos e pessoas com saúde fragilizada, grupos mais suscetíveis às complicações do vírus.

 

Nesta página, você encontra todas as medidas adotadas pelo município para o enfrentamento da doença, dicas de prevenção e como fazer sua parte para ajudar a impedir a disseminação do vírus.

 

Todas as medidas adotadas pela Prefeitura visam proteger os moradores da pandemia e preparar a cidade para enfrentar uma situação de emergênia caso seja necessário. Confira cada uma das ações nos links abaixo:

 

> 13 DE MARÇO | Município mobiliza agentes de saúde, orienta escolas e adota controle de visitas no Lar

> 16 DE MARÇO | Prefeito anuncia novas medidas de prevenção

> 16 DE MARÇO | Secretaria de Saúde define protocolo de atendimento e orientações para profissionais da saúde e pacientes

> 17 DE MARÇO | Prefeitura decreta situação de emergência em saúde para enfrentamento e prevenção ao coronavírus (Covid-19)

> 17 DE MARÇO | Prorrogado período de suspensão das aulas para até 31 de março

> 18 DE MARÇO | Prefeitura suspende de prazos, prorroga validade de documentos e orienta contribuintes para solicitar serviços pela Internet e telefone

> 19 DE MARÇO | Comitê de enfrentamento ao Covid-19 em Borda da Mata decide pelo fechamento de setores do comércio

> 20 DE MARÇO | Comitê de enfrentamento do Covid-2019 em Borda faz novo decreto sobre funcionamento do comércio

 

Veja como se proteger do vírus. Lembre-se, ao se proteger, você estará protegendo aos seus familiares, amigos e conterrâneos:

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

 

Entre as principais medidas do decreto estão a criação do Comitê de Operações de Emergência, prorrogação do prazo de suspensão das aulas na rede municipal para 31 de março e medidas para reduzir aglomeração de pessoas

 

A Prefeitura de Borda da Mata publicou nesta terça-feira (17) o Decreto nº 4.259, que declara situação de emergência em saúde pública para enfrentamento do novo coronavírus. O documento estabelece medidas para reduzir as aglomerações de pessoas, para agilizar ações em saúde e assistência e cria o Comitê de Operações de Emergência em Saúde Covid-19 - COES.

 

O comité articula diversos setores da Prefeitura para acompanhamento da pandemia global e definição de ações de prevenção e contenção do vírus. Ele é formado pela Seretaria Municipal de Saúde, Departamento Municipal de Educação e Departamento Municipal de Assistência Social.

 

“É importantíssimo ressaltar que não é necessário pânico. O decreto é uma forma de deixar o município preparado para enfrentar uma possível emergência e, sobretudo, estabelecer medidas que reduzam o contato social para impedirmos a propagação do vírus. Ainda assim, estamos falando de uma medida preventiva, pois não temos qualquer caso suspeito na cidade e nenhum caso confirmado na região”, esclarece o prefeito André Marques.

 

Medidas para evitar aglomerações

O decreto estendeu a suspensão das aulas no município. A previsão inicial era a de suspender nesta quarta, 22,  retornar na próxima segunda-feira, 23. O decreto estabelece, agora, que as aulas ficarão suspensas até o dia 31 de março. A medida vale para a creche, Cemeis e Ensino Fundamental I e II.

 

No decreto há também a recomendação para que as redes particulares de educação sigam o mesmo caminho.

 

Ele prevê ainda a suspensão por 30 dias de eventos oficiais e privados com aglomeração de mais de 50 pessoas. 

 

Fica proibida também a viagem de servidores municipais para os centros urbanos considerados de risco, exceto em casos de urgência ou situações que envolvam necessidades específicas inadiáveis, mediante avaliação do COES - Borda da Mata.

 

Medidas preventivas nos órgãos públicos

Estão previstas medidas específicas de prevenção para todos os órgãos públicos municipais. Dentre elas, a higienização com álcool 70% de todos os objetos e a afixação de mensagem sobre os cuidados para evitar o contágio pelo Covid-19; 



Recomendações

O decreto lista uma série de recomendações para todos os moradores.Dentre elas: 

 

> A permanência de idosos com mais de 60 anos em sua residência; 

> A redução do contato social, evitando locais fechados e com aglomeração de pessoas, principalmente idosos, doentes crônicos e imunossuprimidos;

> Evitar o contato físico com apertos de mão, abraços e beijos;

> Evitar, suspender ou adiar viagens para locais considerados de risco;

> Evitar o compartilhamento de objetos e utensílios;

> Para aqueles que estiverem regressando do exterior, o afastamento por um prazo mínimo de sete dias, quando possível;

> Adotar medidas de higiene das mãos e etiqueta respiratória (conjunto de medidas que devem ser adotadas ao tossir ou espirrar)

> Realizar a limpeza e desinfecção de superfícies e objetos que sejam tocados com frequência, utilizando água e sabão ou friccionar com álcool 70%.

> Manter os ambientes abertos e arejados naturalmente;

> Optar por eventos com transmissão virtual ou em locais abertos;

> Em caso de sintomas, procurar atendimento médico;

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

A Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata preparou um protocolo de atendimento sobre o novo coronavírus, COVID-19, que orienta os profissionais de todos os setores da Saúde Municipal para conduta de casos suspeitos. Os atendimentos envolvem as equipes da Estratégia Saúde da Família (UBS’s), Atendimento Ambulatorial, Fisioterapia, Odontologia e Pronto Atendimento.

 

Para os demais serviços de Saúde: Farmácia, Psicologia, Serviço Social, Transporte e Secretaria de Saúde, todos os profissionais estão orientados para manter os locais limpos, arejados e higienizados. As viagens de consultas e procedimentos de rotina agendados para outros municípios e estados, principalmente localidades onde há casos constatados da doença, estão suspensas.

 

Importante ressaltar que os grupos de risco são pessoas com extremos de idade (crianças e idosos), diabéticos, hipertensos, pessoas com problemas cardíacos, asmáticos, doentes renais, fumantes e imunossuprimidos.

 

 

Ações da Secretaria de Saúde

  • Orientações em todos os domicílios sobre prevenção respiratória, com entrega de panfletos pelos agentes comunitários de saúde;
  • Orientações de prevenção respiratória em toda a extensão da MG290, no perímetro urbano, pelos agentes de endemias;
  • Orientações sobre prevenção em todos os estabelecimentos comerciais do município pela equipe da Vigilância Sanitária;
  • Visitas às fábricas da área de abrangência para fazer orientações de precaução respiratória pelos Enfermeiros da ESF – Estratégia Saúde da Família;
  • Cancelamento dos eventos cotidianos com aglomeração de pessoas, como Hiperdia, Triagens e Academia da Saúde, até segunda ordem;
  • Comunicado para todas as igrejas com orientações sobre o Coronavírus;
  • Agendamento de atendimentos por hora nos estabelecimentos de Saúde, para evitar aglomerações no local;
  • Visitas suspensas no Asilo, conforme determinado pelo Departamento de Desenvolvimento Social.

 

 

 

Orientações gerais para a comunidade: 

  • Reduzir o contato social, evitando locais fechados e com aglomeração de pessoas, principalmente idosos, doentes crônicos e imunossuprimidos;
  • Evitar o contato físico como aperto de mãos, abraços e beijos;
  • Evitar, suspender ou adiar viagens para locais com casos de COVID-19;
  • Evitar o compartilhamento de objetos, dormitórios, alimentos e bebidas;
  • Afastar das atividades laborais pessoas que estejam regressando do exterior por um período de sete (7) dias, quando possível;
  • Adotar medidas de higiene das mãos e etiqueta respiratória (conjunto de medidas que devem ser adotadas ao tossir e espirrar);
  • Ofertar álcool gel nos estabelecimentos com circulação de pessoas, como restaurantes, farmácias, etc;
  • Realizar a limpeza e desinfecção de objetos e superfícies que sejam tocados com frequência, utilizando água e sabão ou friccionar com álcool 70%;
  • Manter os ambientes abertos e arejados naturalmente;
  • Manter uma distância social de no mínimo 2 metros;
  • Suspender ou adiar, quando possível, eventos de massa ou atividades que tenham público superior a 100 pessoas;
  • Optar por eventos com transmissão virtual ou em locais abertos;
  • Ir ao Pronto Socorro apenas em casos de urgência e emergência;
  • Em caso de sintomas, procurar atendimento médico.

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

A manhã desta quarta-feira, 11/03, foi especial no grupo da melhor idade da Academia da Saúde. As atividades começaram com a habitual aferição de pressão arterial pela enfermeira Débora, da equipe da Unidade Básica de Saúde do Centro e o alongamento com o professor de Educação Física, Totonho. 

 

Na programação, uma conversa com a psicóloga Carla Natália sobre autoestima e uma sessão de massagem com argila para as mãos com a esteticista Regilene Rezende. Teve também um café da manhã com frutas preparado para recepcionar as participantes.

 

O grupo da melhor idade participa das atividades físicas e acompanhamento de saúde toda semana, às segundas e quartas-feiras, das 7h45 às 9h. Homens e mulheres são convidados a participar. Os encontros acontecem no salão da Igreja Presbiteriana Independente, no Centro de Borda da Mata. 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias
Página 4 de 19

Filtro por data

« Junho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30          

Mais lidas