Notícias

FEVEREIRO:

01- (SEXTA-FEIRA) - SERTÃOZINHO – de 8h às 13h
06 - (QUARTA-FEIRA) - BARRO AMARELO – de 8h às 9h  / CERVO - de 9h às 13h
15- (SEXTA-FEIRA) - SERTÃOZINHO – de 8h às 13h
20 - (QUARTA-FEIRA) - BARRO AMARELO - de 8h às 9h  / CERVO - de 9h às 13h

 

MARÇO:

01- (SEXTA- FEIRA) – SERTÃOZINHO – de 8h às 13h
13- (QUARTA-FEIRA) - BARRO AMARELO – de 8h às 9h / CERVO - de 9h às 13h
22- (SEXTA- FEIRA) – SERTÃOZINHO – de 8h às 13h
27- (QUARTA-FEIRA) - BARRO AMARELO – de 8h às 9h / CERVO - de 9h às 13h

 

ABRIL:

05- (SEXTA-FEIRA) - SERTÃOZINHO – de 8h às 13h
10- (QUARTA-FEIRA) - BARRO AMARELO – de 8h às 9h  / CERVO - de 9h às 13h

 

MAIO: Não haverá devido à Campanha de Influenza, que será de 15/04 a 31/05.

 

JUNHO :

07- (SEXTA-FEIRA) - SERTÃOZINHO – de 8h às 13h
12- (QUARTA-FEIRA) - BARRO AMARELO – de 8h às 9h / CERVO - de 9h às 13h
19- (QUARTA-FEIRA) - SERTÃOZINHO – de 8h às 13h
26- (QUARTA-FEIRA) - BARRO AMARELO – de 8h às 9h / CERVO - de 9h às 13h

 

JULHO:

05- (SEXTA-FEIRA) - SERTÃOZINHO – de 8h às 13h
10- (QUARTA-FEIRA) - BARRO AMARELO – de 8h às 9h / CERVO - de 9h às 13h
19- (SEXTA-FEIRA) - SERTÃOZINHO – de 8h às 13h
24- (QUARTA-FEIRA) - BARRO AMARELO – de 8h às 9h / CERVO - de 9h às 13h

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

O ano de 2019 começou mais nítido para cerca de 100 pacientes de Borda da Mata! Eles realizaram a cirurgia de catarata no dia 05 de janeiro, em São Vicente de Minas, em um mutirão organizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata. Alguns desses pacientes já fizeram a cirurgia no primeiro olho no dia 19/12/2018, quando mais 100 pessoas também realizam o tratamento. É o caso da senhora Conceição Aparecida de Camargo Vieira de 70 anos. Ela conta que a visão já estava prejudicada pela catarata nos dois olhos “Operei os dois olhos [um em dezembro outro em janeiro] e agora já enxergo completamente”. Ela também observa o suporte da equipe de Saúde de Borda da Mata para a realização do tratamento “foi muito bom, não esperava tanto!”.

As cirurgias realizadas pelo SUS foram agendadas pela Prefeitura de Borda da Mata, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que chamou os pacientes da fila de espera do município. Os procedimentos aconteceram no hospital de São Vicente de Minas e para facilitar para os pacientes, a Secretaria de Saúde de Borda da Mata ofereceu transporte, lanche com cardápio balanceado para atender a demanda específica de cada pessoa e o acompanhamento de uma equipe com técnicos e enfermeiros para dar suporte aos pacientes nas duas viagens. Para José Roberto dos Santos, de 62 anos, que realizou a cirurgia no primeiro olho, “voltar a enxergar com qualidade é muito bom.”

De acordo com a enfermeira responsável pelo hospital em São Vicente, Maria Paula Meireles Almeida, já habituada a receber pacientes de outros municípios do estado, os bordamatenses se destacaram pela simplicidade e simpatia “O que a Secretaria fez pelos pacientes fez toda a diferença, pois além do tratamento ser custeado pelo SUS, o fato de oferecer lanche, transporte e toda uma estrutura de apoio torna essa cirurgia acessível para todos. Vimos também a generosidade em repartir o lanche trazido com pacientes de outras cidades.”

Para a secretária de Saúde, Rosaly Esther Vilas Boas Matozzo, muito mais que a preocupação constante de atender a demanda e zerar filas, tornar os tratamentos e atendimentos mais humanizados contribui para a recuperação e saúde de cada paciente “ligamos para cada paciente, agendamos, marcamos para o fim de semana, quando o atendimento é em outra cidade, arrumamos transporte, apoio com água e lanche para tornar o tratamento mais completo possível, de acordo com as nossas possibilidades”.   

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

No decorrer de 2018, a Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata realizou cerca de 800 exames de ultrassonografia, um total de 632 pacientes atendidos pelo médico José Luiz Schiavon, nas dependências do asilo. Desde o início da prestação desse serviço à população, em 2017, pela atual administração, mais de mil pacientes já realizaram aproximadamente 1.300 exames. Já que alguns pacientes realizam mais de um exame no mesmo atendimento. A técnica em radiologia Fabiana Silva explica que alguns pacientes têm demandas maiores e realizam até quatro exames no mesmo atendimento, conforme o pedido do médico.

É o caso da senhora Izilda de Fátima Silva, atendida no dia 29/12/2018. Ela fez quatro exames no último sábado do ano. “Nos punhos e nas mãos. Sinto muitas dores, mas espero que com os exames, o médico possa ver e tratar direitinho o problema.” E ela ainda complementa “o fato de fazer esses exames aqui na Borda facilita muito, porque a gente não perde dia de serviço e pode chegar quase que na hora, não precisa nem de condução”.

José Aparecido da Silva também realizou o exame no último sábado do ano em Borda da Mata. Ele conta que esteve na UBS do Centro com a médica Adriele no mês de novembro, com dores no joelho em consequência de uma queda. Com o pedido do exame entregue na Secretaria Municipal, foi surpreendido com a marcação no mês seguinte “espero que 2019 seja um ano de muita saúde”.

Para a secretária de saúde Rosaly Esther Vilas Boas Matozzo, atender a demanda e zerar filas é uma preocupação constante, assim como otimizar os atendimentos e facilitar a logística para os pacientes “ligamos para cada paciente, agendamos, marcamos para o fim de semana, quando o atendimento é em outra cidade, arrumamos transporte e até apoio com água e lanche para tornar o tratamento mais humanizado possível”.   

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

No último domingo, 16/12, mais 42 pacientes realizaram exames de ultrassonografia no mutirão realizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata. Os exames acontecem nas dependências do asilo pelo médico Luiz Schiavon, técnica de radiologia Fabiana e equipe.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

A administração municipal trabalhou para que 100 pacientes de Borda da Mata realizassem no dia 19/12, a cirurgia de catarata de um olho. Em janeiro, após a recuperação, será realizada a cirurgia no outro olho. O mutirão aconteceu em São Vicente de Minas. O transporte, o lanche e todo apoio da viagem foi viabilizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, que inclusive contou com uma equipe que acompanhou a viagem, entre eles, a secretária Rosaly Esther Vilas Boas Matozzo.

A paciente Josimara Souza afirmou "só tenho q agradecer. Também fiz a cirurgia e todos foram muito atenciosos. Em especial o enfermeiro Luizinho Marçal, excelente profissional e toda sua equipe." Já Daniela Camargo falou sobre a cirurgia realizada pela mãe "Minha mãe também fez cirurgia, está bem graças a Deus! E é só elogios com todos, disse que todos foram muito atenciosos! Obrigada, pois eu que fiquei aqui estava muito preocupada! Mas graças a Deus tudo correu bem!"

Quem ainda precisar de cirurgia de catarata, procurar a Secretaria de Saúde com pedido do médico, documentos pessoais, comprovante de residência e telefone para contato atualizado. O próximo mutirão acontece em janeiro de 2019. 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

De acordo com o cálculo divulgado pela AMM (Associação Mineira de Municípios), em 05/12/2018, a dívida do Estado de Minas Gerais apenas com Borda da Mata é de R$ 5.641.190,51 (cinco milhões, seiscentos e quarenta e um mil, cento e noventa reais e cinquenta e um centavos).

A situação é tão grave que 90% dos municípios mineiros (de um total de 853) estão com dificuldade até para pagar os servidores. Em Borda da Mata, o salário tem sido pago dentro do mês trabalhado desde os últimos 23 meses, quando a atual administração assumiu. Em dezembro, foi paga a primeira parcela do 13º no dia 14/12 e a segunda parcela sai até o último dia útil do mês. Já o salário de dezembro deve ser pago na primeira semana de janeiro.

De acordo com o prefeito André, esse valor devido pelo Estado atrasou a execução de muitos projetos de obras e serviços para Borda da Mata. Do total de 5,6 milhões, mais de 2 milhões de reais não recebidos são do FUNDEB (Fundo da Educação Básica), o que poderia ter sido usado para a reforma da Escola Municipal Francisco de Souza Costa. Espera-se que em 2019, os repasses constitucionais sejam regularizados.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

De quatro em quatro meses, a Secretaria de Estado da Saúde, por intermédio da Gerência Regional de Saúde visita os municípios para avaliar os serviços oferecidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde). No dia 27/11, o Setor de Vigilância em Saúde, o qual inclui as Vigilâncias Ambiental, Sanitária e Epidemiológica recebeu a visita para avaliação. São 47 indicadores avaliados. Entre os itens, são avaliadas metas da vacinação, visitas da Dengue, análise da água para coliformes, investigação de óbitos, doenças de notificação compulsória, parte de gestão, visitas e atendimentos de denúncias da Vigilância Sanitária, entre outras.

A nota geral foi de 98,85%. De acordo com a enfermeira da Vigilância em Saúde, Grazieli Siqueira “só não alcançamos a nota máxima no quesito causas de óbito bem definidas, pois em casos de pessoas que morrem no domicílio e o médico não identifica a causa, é colocado “Indeterminado ou Sem Assistência Médica”. Quando acontecem esses casos, eu normalmente vou atrás, investigo a família ou serviços de saúde e descobrimos a possível causa, porém, desta vez tivemos dois achados mortos, o IML não veio e não conseguimos identificar a causa.” Ainda assim, a nota alcançada indica os bons serviços prestados pelo setor à população.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Durante a semana de 19 a 24 de novembro e nos dias 28 e 29 de novembro, a equipe de dentistas e auxiliares da Secretaria Municipal de Saúde percorreram as quatro escolas municipais, Creche, Cemei e as escolas dos distritos Cervo e Sertãozinho para apresentar o teatro de fantoches que conta, de maneira divertida, como cuidar da saúde bucal. Além da historinha, a equipe do Setor de Odontologia também fala sobre a maneira correta de realizar a escovação dos dentes, alimentação saudável e no final da apresentação, distribuem kits com escova, creme e fio dental.

O evento acontece todos os anos e denomina-se Semana Odontológica, com o objetivo de atuar na prevenção de cáries e outras doenças que afetam os dentes.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Na 5ª edição do boletim elaborado pelo Setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata, a enfermeira Grazieli Siqueira abordou sobre a síndrome mão-pé-boca que acarretou crianças nas creches municipais durante o mês de novembro em Borda da Mata.  O boletim explica que tal síndrome é uma doença contagiosa que ocorre mais frequentemente em crianças com menos de 5 anos, mas também pode acontecer em adultos, e é causada pelo vírus do grupo coxsackie, que pode ser transmitido de pessoa para pessoa, através da tosse, espirros e saliva e do contato direto com bolhas que tenham estourado. Uma única criança doente pode contaminar várias outras, por isso, é importante que a criança infectada NÃO VÁ A ESCOLA no período de 7 dias, em média.

Geralmente, os sintomas da síndrome mão-pé-boca só surgem após 3 a 7 dias da infecção pelo vírus e incluem febre superior a 38ºC, dor de garganta e falta de apetite. Após 2 dias do surgimento dos primeiros sintomas, aparecem aftas na boca e bolhas nas mãos, pés e, por vezes, na região íntima, que podem coçar.

De acordo com o boletim, no Cemei Professora Ana Maria Cabral dos Santos, o ato de alertar e orientar os pais e responsáveis foi suficiente para conter a transmissão da doença em larga escala, uma vez que pais que tiveram seus filhos adoecidos evitaram a ida destes para a escola durante o período de transmissão. Já na Creche Madre Tereza Saldanha, a mesma ação não foi suficiente para conter a transmissão da doença; muitos pais e responsáveis continuaram mandando seus filhos doentes para a creche, mantendo assim o ciclo de transmissão do vírus e a reinfecção das crianças já contaminadas anteriormente, o que poderia acarretar em graves complicações, como o risco de infecção generalizada, caso nenhuma providência fosse tomada. Das 161 crianças matriculadas na Creche, 44 adoeceram. Por este motivo, o Setor de Vigilância Epidemiológica do município não teve alternativa a não ser interditar o local por um período de 7 dias, período este de maior transmissão do vírus. Portanto, de 08/11/2018 até 14/11/2018, como medida preventiva, a Creche não teve aula. Com o feriado de 15/11 e final de semana, as atividades da Creche retornam no dia 19/11/2018. Durante o período de interdição, os funcionários atuaram fortemente na higienização do local e de todos os objetos para controle do vírus deixado pelas crianças infectadas.

No dia 13/11, a enfermeira da Vigilância também orientou as monitoras sobre o que é a Síndrome, sobre cuidados que devem ter diante de qualquer possibilidade de doenças de transmissão viral, sobre imunização em dia para a idade e ainda sobre cuidados com a volta das crianças, visto que, mesmo após o período de incubação do vírus, este ainda pode estar presente nas fezes por até quatro semanas.

O boletim foi redigido em 14 de novembro de 2018.

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

No dia 12/11, representantes da Vigilância em Saúde, Departamento de Obras e Copasa fizeram uma varredura pela cidade em busca dos possíveis criadouros dos pernilongos gênero Culex que estão por todos os bairros. Identificados os locais, cada setor providenciou melhorias para tentar controlar a propagação. 

Este tipo de inseto se propaga em ÁGUA SUJA e PARADA e apesar do incômodo, não transmite doenças (ao contrário do Aeds Aegypti que se reproduz em água limpa e transmite Dengue, Zika, Chicungunya e Febre Amarela).  Um dos piores pontos, está em um terreno particular em que o proprietário foi notificado para as providências necessárias. A partir do criadouro, esses pernilongos voam até 3km no perímetro urbano, por isso, eliminar os focos é tão importante.

De acordo com a enfermeira da Vigilância em Saúde, Grazieli Siqueira, "a conscientização de cada um de nós é de extrema importância! De nada adianta toda uma equipe de combate se as pessoas sempre jogam lixo em local inadequado, donos de lotes que não se preocupam em mantê-los limpos, casas com acúmulo de locais possíveis de serem criadouros, entre outros. Graças a Deus, desde 2016 temos controlado bem a transmissão destas doenças em Borda da Mata, e isto graças ao empenho dos agentes de endemias e de uma parcela da população que faz sua parte. Nosso trabalho é árduo e contínuo, sempre com foco no que é melhor para todos nós bordamatenses." 

A população também pode auxiliar comunicando a Prefeitura quanto aos lotes sujos na cidade, pois existe o Fiscal de Posturas que notifica os proprietários para que cumpram a obrigação de manter os terrenos limpos e assim contribuir com a Saúde Pública.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias
Página 1 de 10

Filtro por data

« Janeiro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Mais lidas