Notícias

A gerência executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Poços de Caldas realiza na próxima quinta-feira, 25, na Associação Comercial e Industrial de Borda da Mata, uma palestra de cunho educativo sobre os benefícios previdenciários. O evento é aberto ao público e direcionado a todos os moradores do município.

 

Na palestra, os presentes vão conhecer os tipos de benefícios previdenciários gerenciados pelo INSS, os requisitos para que o segurado possa usufruir deles e as respectivas metodologias de cálculo. Mais informações podem ser obtidas a partir do telefone (35) 3729-0232. 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Sala Móvel do Senac estará na cidade em agosto. Serão 15 horas de aulas práticas e teóricas. Com vagas limitadas, inscrições devem ser feitas no CRAS Sebastiana Marques

 

Borda da Mata recebe em agosto, direto do Centro de Educação Profissional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), a Sala Móvel de gastronomia. O curso de culinária, fruto de uma parceria com a Prefeitura, é gratuito e tem vagas para até 80 pessoas. As inscrições podem ser feitas no CRAS Sebastiana Marques, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

 

A Sala Móvel do Senac é montada sobre uma carreta que ficará estacionada no centro da cidade. As aulas serão ministradas por um chef com carga horária de 15 horas de aprendizado prático e teórico. 

 

Para o curso, serão formadas até quatro turmas de 20 alunos cada, sendo que as primeiras duas turmas fazem o curso entre 12 e 16 de agosto, em dois turnos: no período da tarde e à noite. As outras duas turmas serão treinadas entre os dias 24 e 28 de agosto, também nos períodos vespertino e noturno.

 

Estrutura e aprendizado

Quem se inscrever no curso, terá acesso a estrutura de cozinhas profissionais e receberá lições de um chef, com quem aprenderá técnicas de cozinhas regionais e internacionais, molhos, doces e cremes.

 

E, como as vagas são limitadas, o melhor é fazer a inscrição o quanto antes.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Foram eleitos e empossados nesta segunda-feira, 17, os novos membros do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS). A cerimônia de posse para o mandato de dois anos à frente do conselho ocorreu durante o Fórum de Assistência Social.

 

O encontro reuniu representantes de entidades de atendimento ao Idoso, à criança e adolescente, à pessoa com deficiência, associações de bairro, de defesa dos direitos dos usuários da área de assistência social e populares.

 

Coube ao prefeito André Marques empossar o novos conselheiros. O chefe do Executivo lembrou a importância do Conselho. Cabe ao grupo eleito, que tem representantes da sociedade civil e do poder público, aprovar políticas e investimentos praticados pelos serviços socioassistenciais do município. “Os conselhos garantem a participação popular nas decisões do município. Cada um dos eleitos aqui hoje representam um exercício fundamental de transparência e democracia, compondo mais uma ferramenta de garantia da correta gestão dos recursos públicos”, avaliou.

 

O diretor do Departamento Municipal de Desenvolvimento Social, Thiago Senna, reforçou as palavras do prefeito. Segundo ele, os conselheiros contribuem de forma relevante para a aplicação das políticas assistenciais na cidade. “Nada acontece sem a aprovação do Conselho, desde a aprovação de contas até a captação de novos recursos e projetos, tudo passa pelo crivo dos conselheiros”, observa.

 

Com mandato de dois anos, o Conselho Municipal de Assistência Social seguirá presidido pela servidora Cirlene Brandão, que foi reconduzida ao posto. Michele Barbosa, da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, foi eleita para a vice-presidência; e Marcela Gonçalves Pinto, coordenadora do CRAS Sebastiana Marques, seguirá como secretária o Conselho.

 

O mandato para o conselho é de dois anos e não-remunerado. O Conselho é composto por 5 membros titulares e 5 suplentes indicados pela Prefeitura e igual número de membros indicados pelos representantes da sociedade civil.



Confira a composição completa do CMAS:

 

Membros indicados pelo Poder Executivo:

 

Departamento Municipal de Desenvolvimento Social:

  • Marcela Gonçalves Pinto: membro titular
  • Antônio Agnaldo Guimarães: membro suplente

 

Departamento Municipal de Educação, Esporte, Cultura e Lazer:

  • Paulo Romero de Melo: membro titutar
  • Miriane Aparecida Silva Cortez: membro suplente

 

Departamento de Administração e Finanças:

  • Ediméia Aparecida de Oliveira: membro titular
  • José Augusto Megale Cobra: membro suplente

 

Departamento Municipal de Obras:

  • Cirlene Rodrigues dos Santos Brandão: membro titular
  • Geraldo Antônio Soares: membro suplente

 

Secretaria Municipal de Saúde:

  • Elias Eduardo Ferreira: membro titular
  • Robério Simão: membro suplente



Membros indicados pelos representantes da sociedade civil:

 

Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais

  • Michele Oliveira Barbosa: membro titular
  • Maria Taíza Pereira Rezende: membro suplente

 

Centro Cultural Irmã Martha:

  • Gustavo Dantas de Melo: membro titular
  • Rogério Ramirez de Medeiros: membro suplente

 

Associação Ecológica Bordamatense Amigos da Natureza:

  • Adolfo Sousa Costa Junior: membro titular
  • Luis Augusto da Silva Sabino: membro suplente

 

Associação São Vicente de Paula:

  • Jonas Pereira Rezende: membro titular
  • Benedito Vieira da Costa: membro suplente

 

Usuários do Departamento Municipal de Desenvolvimento Social:

  • Elizabeth Ferreira da Silva: membro titular
  • Laura Claudineia Pinheiro Silva: membro suplente





Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

O Conselho Municipal de Assistência Social realiza no dia 17 de junho o Fórum Municipal de Assistência Social. No encontro, serão discutidas o planejamento e aplicação de políticas públicas para o setor e serão eleitos os novos membros do Conselho.

 

Confira, no arquivo anexo, o edital de convocação.

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

O Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Sebastiana Marques deu início nesta segunda-feira (10) à campanha de agasalho 2019, o ‘Inverno Amigo’. O banco de agasalhos está no Coreto da Praça Nossa Senhora do Carmo.

 

A campanha deste ano tem algumas particularidades. A maior delas é que a retirada de peças é livre. Quem necessitar de um agasalho basta ir até o local e retirar. O mesmo vale para quem quiser doar. É só ir até o local e depositar a doação.

 

O formato da campanha aposta na consciência das pessoas e permite que aqueles que precisam possam fazer a retirada das peças de forma prática. De acordo com o CRAS, nas campanhas tradicionais, têm quem se sinta constrangido de fazer a retirada nos postos de distribuição.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Na campanha ‘Inverno Amigo 2019’, as pessoas que precisarem do agasalho poderão retirá-los de forma livre no banco que será montado no coreto da Praça Nossa Senhora do Carmo, a partir de segunda-feira (10). O mesmo vale para quem tem peças para doar. É só deixar no local

 

A chegada do inverno é uma preocupação a mais para pessoas e famílias que estão em situação de vulnerabilidade social. Nem todos têm recursos para se proteger do frio como gostariam. Para ajudá-los a enfrentar aquecidos a estação mais gelada do ano, o Cras Sebastiana Marques inicia na segunda-feira (10), mais uma campanha de agasalho, o ‘Inverno Amigo 2019’.

 

Este ano, a ação será um pouco diferente. O Cras vai montar um banco de agasalhos no coreto da Praça Nossa Senhora do Carmo. A retirada das peças será livre. O mesmo vale para a doação. Blusa, jaqueta, gorro, cachecol, calça, cobertores novos ou usados podem ser deixados no local.

 

“A ideia é apostar na consciência das pessoas e permitir que aqueles que precisam possam fazer a retirada das peças de forma prática. Nas campanhas tradicionais, têm muitos que precisam, mas se sentem envergonhados de fazer a retirada nos postos de distribuição”, conta Thiago Senna, coordenador de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Borda da Mata.

 

Para o coordenador, a campanha tem três palavras-chaves: solidariedade, amizade e consciência. “Acreditamos que este é um formato realmente amigo, que possibilita aos moradores doar, receber e compartilhar de uma forma muito simples e até educativa”, avalia.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Um levantamento que acaba de ser concluído pelo Departamento de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Borda da Mata reuniu dados socioeconômicos dos moradores da cidade que vão orientar a aplicação de políticas públicas voltadas para as famílias em situação de vulnerabilidade. A partir do levantamento serão adotadas ações práticas como metas e estratégias para inclusão desse público no mercado de trabalho, aprimorar seu acesso aos serviços públicos e direcionar esforços para ações de maior impacto na vida dessas pessoas.

Os dados foram captados a partir de uma ampla pesquisa por amostragem de domicílios coordenada pela unidade de projetos especiais do Grupo Unis. O trabalho, que leva o nome técnico de ‘diagnóstico socioterritorial’ traz um retrato preciso e abrangente das condições socioeconômicas dos moradores da cidade, em especial aqueles em situação de vulnerabilidade social, e é uma das etapas para a elaboração do Plano Municipal de Assistência Social.

Como explica o coordenador da pasta, Thiago Senna, além de orientar políticas públicas mais eficazes, o levantamento e a elaboração do plano municipal garantem que o município tenha acesso a linhas de financiamento e fomento de políticas assistenciais.

Para o gestor, o estudo socioterritorial é um passo fundamental para o município e um sonho realizado em seu trabalho à frente do setor.  “É um diagnóstico que traz dados muito relevantes, que vai nos ajudar a ter uma ideia precisa das vantagens que temos, dos benefícios e os problemas que devemos enfrentar como prioritários”, considera.

 

A pesquisa

A pesquisa ouviu moradores de 1.110 domicílios de 18 bairros da cidade, incluindo a zona rural. As casas foram visitadas por entrevistadores treinados, que aplicaram questionários elaborados para avaliar a condição dos moradores em cinco áreas: renda, educação, saúde, habitação e saneamento.

Pela metodologia utilizada no levantamento, os dados apresentados têm um intervalo de confiança de 95%. Ou seja, de casa 100 moradores da cidade, 95 vivenciam uma realidade que corresponde aos dados averiguados pela pesquisa.

Como explica a professora e especialista em políticas públicas, Aneci Landim, o estudo permite que o poder público se organize de forma a potencializar o alcance de seus recursos no atendimento às demandas dos moradores. “Você consegue organizar os serviços, direcioná-los para os locais em que existe demanda por atendimentos e, ao mesmo tempo, executar os recursos financeiros de maneira eficiente”, considera.

A coordenadora de projetos especiais da Unis e doutora em estatística aplicada, Nancy Christiane Ferreira, explica que a pesquisa por amostragem segue rigor metodológico, que permite projetar os dados colhidos para o conjunto da população. “Todos os projetos que exigem uma pesquisa é calculado com tamanho de amostra, com base em confiabilidade estatística e uma margem de erro controlada para que a gente consiga reproduzir o resultado da amostra, estendendo esses resultados a todos os habitantes do território que compreende a população de Borda da Mata”, pontua.

 

Alguns indicadores

Os dados ainda são preliminares e estão sendo aprofundados pelos técnicos do Departamento de Desenvolvimento Social, mas já pe possível adiantar alguns indicadores.

Um deles diz respeito ao percentual de lares em Borda da Mata que possuem renda média inferior a meio salário mínimo por mês: 29,2%; além disso, 14,4% dos moradores apontam já ter enfrentado ou estar enfrentado alguma situação de risco. Esses dois grupos, por exemplo, devem receber grande atenção do município, já que apresentam condição de enorme fragilidade social.

O levantamento verificou ainda que a maior parte da população está compreendida entre a faixa etária de 17 a 59 anos e é economicamente ativa. Do ponto de vista educacional, em média, os moradores locais estudaram até o ensino médio, qualificação que corresponde à expectativa de qualificação demandada pelo mercado de trabalho local na maioria dos casos.

 

Inserção no mundo do trabalho

Um dos objetivos do levantamento é orientar medidas capazes de transformar a realidade das famílias que se encontram em estado de vulnerabilidade social. Entre as estratégias para alcançar este resultado está a inserção delas no mundo do trabalho a partir da qualificação profissional.

Por isso, um dos focos da pesquisa foi justamente estudar de onde vem a maior demanda por profissionais no município. Segundo o levantamento, ela parte principalmente do comércio e da indústria têxtil. A partir desta constatação, o município pode, por exemplo, ampliar projetos como o ‘Qualifica Borda da Mata’, promovendo capacitação direcionada com precisão para os setores de maior demanda, beneficiando tanto empreendedores quanto os trabalhadores.

 

Acesso a serviços públicos

Outro ponto avaliado pela pesquisa foi o acesso aos serviços públicos. O diagnóstico servirá de base para aprimorar e promover o acesso universal aos serviços ofertados pela Prefeitura, em especial às pessoas socialmente vulneráveis. “É um amplo estudo que está nos municiando de dados valiosos. A partir deles, vamos direcionar nossos esforços, com maior eficiência, para aquelas pessoas que mais precisam, criando novas oportunidades para que elas possam mudar sua condição de vida e ter o apoio do município sempre que necessário”, avalia o prefeito André Marques.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

O projeto ‘Qualifica Borda da Mata’ está com inscrições abertas para mais um curso gratuito de formação profissional, trata-se da Iniciação Profissional em Eletricista Instalador  Industrial, curso de 80 horas voltado para quem deseja se iniciar na profissão, atuando na indústria.

Os interessados devem se dirigir ao Cras Sebastiana Marques no dias 29, 30, 31 de maio e 3 de junho, das 8h às 17h. As aulas começam já na próxima segunda-feira (03), com aulas das 18h às 22h.

Quem pode se inscrever

Para se inscrever no curso é necessário ter mais de 16 anos e ter cursado ao menos o Ensino Fundamental I. No local de inscrição, o candidato deve apresentar cópia do CPF, RG, comprovante de residência, histórico ou declaração escolar.

 

Qualifica Borda da Mata

O projeto 'Qualifica Borda da Mata' teve início em 2017, resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Borda da Mata, Ministério Público, Senai e Senac. Desde então, diversas pessoas passaram por cursos gratuitos de capacitação profissional para atuar em distintos setores. Além de gerar novas oportunidades para inserção no mercado de trabalho, garantindo renda para as famílias, ao qualificar a mão de obra local, o projeto torna a economia do município mais dinâmica e competitiva.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Curso gratuito de qualificação profissional é parte do projeto “Qualifica Borda da Mata”. Inscrições já estão abertas

O projeto Qualifica Borda da Mata vai oferecer mais um curso gratuito de capacitação profissional para os moradores da cidade. Desta vez o aprimoramento se destina à “Qualidade no atendimento ao cliente”.

As inscrições para o curso já estão abertas, seguem até 10 de junho, e podem ser feitas no CRAS Sebastiana Marques, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para se inscrever, o candidato deve ter mais de 16 anos. É necessário, ainda, ter completado o Ensino Fundamental.

Ao se dirigir ao CRAS para fazer a inscrição, o candidato deve ter em mãos:  cópia RG, CPF, comprovante de residência, histórico escolar ou declaração. “Os interessados devem se apressar. As vagas são limitadas a 25 pessoas”, alerta a coordenadora do CRAS, Marcela Gonçalves Machado.

 

Qualifica Borda da Mata

O projeto 'Qualifica Borda da Mata' teve início em 2017, resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Borda da Mata, Ministério Público, Senai e Senac. Desde então, diversas pessoas passaram por cursos gratuitos de capacitação profissional para atuar em distintos setores. Além de gerar novas oportunidades para inserção no mercado de trabalho, garantindo renda para as famílias, ao qualificar a mão de obra local, o projeto torna a economia do município mais dinâmica e competitiva.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Os alunos que concluíram o curso profissionalizante de eletricista e o Workshop de Garçom no âmbito do projeto ‘Qualifica Borda da Mata’ já podem retirar se certificado no Cras Sebastiana Marques. O documento pode ser retirado de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Rua Salvador Orlandi, 53.

 

Qualifica Borda da Mata

O projeto 'Qualifica Borda da Mata' teve início em 2017, resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Borda da Mata, Ministério Público, Senai e Senac. Desde então, diversas pessoas passaram por cursos gratuitos de capacitação profissional para atuar em distintos setores. Além de gerar novas oportunidades para inserção no mercado de trabalho, garantindo renda para as famílias, ao qualificar a mão de obra local, o projeto torna a economia do município mais dinâmica e competitiva.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias
Página 1 de 6

Filtro por data

« Agosto 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  

Mais lidas