Notícias
Prefeitura Municipal de Borda da Mata - Itens filtrados por data: Fevereiro 2020

 

Conforme orientação da Secretaria Estadual de Educação (SEE) e seguindo as determinações do decreto de calamidade pública do governo do Estado, as aulas na rede municipal de Borda da Mata estão suspensas por tempo indeterminado.

 

A definição consta no decreto 4.267. Ele prevê que o município siga as deliberações do governo estadual na adoção de medidas de combate ao coronavírus. Até o momento, o governo de Minas mantém as aulas suspensas por período indeterminado.

 

As aulas da rede municipal estão suspensas desde o dia 23 de março. A medida foi uma dentre várias ações adotadas para reduzir o contato social no município e fazer frente a pandemia de coronavírus, protegendo a saúde de estudantes, educadores e toda a comunidade escolar.

 

Em princípio, para organizar o ano letivo em meio à suspensão, o município antecipou o recesso de 15 dias previsto para o meio do ano, a contar do dia 23. Sendo assim, o recesso terminaria no dia 6 de abril, mas mesmo após essa data não há previsão de retorno segundo as orientações do governo do Estado.

 

A Secretaria Municipal de Educação segue em contato permanente com os pais para informar qualquer mudança. Os canais de comunicação da Prefeitura também vão informar previsões de retorno ou novas orientações tão logo isso ocorra.

 

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

 

Serão reabertas nesta quarta-feira, 1º de abril, as inscrições para o Programa Social de Habitação Popular. Elas seguem até o dia 16 de abril. As inscrições haviam sido suspensas por conta da pandemia de coronavírus, seguindo as recomendações de autoridades de saúde para redução do contato social.

 

A retomada das inscrições serão acompanhadas de medidas de proteção contra a propagação do vírus, como o distanciamento mínimo de dois metros entre servidores e candidatos, disposição de álcool gel e uso de EPIs como máscaras e luvas.

 

Local: Terminal Rodoviário - Avenida Wilson Megale, 89, Centro; 2º piso; sala 7
Período: 01 a 16 de abril
Horário: das 8h às 11h e das 13h às 16h

 

> Acesse a íntegra do edital aqui

 

Inscrições

Para se inscrever, as famílias devem residir há pelo menos cinco anos no município e atender a uma série de critérios socioeconômicos que têm o objetivo de beneficiar famílias de baixa renda e que não possuem moradia. Conforme segue:

 

“(...)

 

  • b) Não ter sido beneficiado anteriormente em programas habitacionais da Prefeitura de Borda da Mata;

 

  • c) Possuir renda familiar mensal não superior a 03 (três) salários mínimos vigentes (valor vigente até à data de inscrição);

 

  • d) Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos;

 

  • e) Ter constituído Núcleo Familiar, assim entendido:

 

  • estado civil casado e/ou viúvo;
  • convivente em união estável;
  • estado civil solteiro, com filho de até 21 (vinte e um) anos de idade, residindo no mesmo imóvel;
  • possuir curatela de pessoa absolutamente incapaz de exercer atos da vida civil, nos termos do Artigo 3ª do Código Civil Brasileiro;
  • possuir curatela de pessoa relativamente, incapaz, estritamente por deficiência mental que lhe gere discernimento reduzido, ou excepcional sem desenvolvimento mental completo;
  • possuir curatela de pessoa maior de 60 anos;

 

  • f) Idoso (idade superior ou igual a 60 anos) e Pessoa com Deficiência (PCD), independente do estado civil.

 

  • g) O requerente ou qualquer membro do Núcleo Familiar não poderá possuir ou ter outro imóvel no município de Borda da Mata, mediante a negativa do imóvel no cartório.

 

  • h) Certidão negativa de inscrição de cadastro de inadimplentes.”

 

 

No ato da inscrição, o candidato deve apresentar uma lista de documentos para comprovar que ele atende os critérios estabelecidos pelo programa. A lista de documentos está presente no edital que deve ser lido atentamente pelos candidatos, a fim de que conheçam todo o seu conteúdo.

 

A lista preliminar de inscritos será divulgada no dia 6 de abril de 2020. A listagem será afixada no quadro de publicações da Prefeitura e em seu site oficial. As inscrições serão validadas pela Comissão Especial de Recebimento de Documentos e Avaliação de Inscritos, que poderá, caso julgue necessário, abrir diligências para apurar as informações declaradas pelos inscritos.

 

Após a divulgação da lista preliminar, será possível aos candidatos interpor recurso administrativo no prazo de cinco dias úteis, a partir da publicação, junto ao Departamento de Desenvolvimento Social. 

 

Lista final de inscritos e sorteio

No dia 24 de abril será, então, divulgada a relação dos inscritos homologados. Novamente, a relação estará disponível no quadro de avisos da Prefeitura e em site na internet. A partir dessa base de inscritos, será realizado no dia 6 de maio, na Câmara de Vereadores, um sorteio em sessão pública.

 

O sorteio definirá a ordem de classificação para todos os inscritos, partindo das reservas legais para idosos e pessoas com deficiência para as vagas de ampla concorrência. Em caso de número de inscrições superiores ao de lotes disponibilizados, este serão distribuídos conforme a ordem de sorteio, ficando os demais sorteados como suplentes também obedecendo a ordem de sorteio.

 

Construção

Após receber o terreno da Prefeitura, os beneficiários terão um prazo de seis meses para dar início à construção e prazo de 36 meses para concluí-la. As obras serão fiscalizadas desde seu início até sua conclusão. Caso a construção não se inicie ou se conclua dentro dos prazos estipulados, a área volta para o município sem possibilidade de ressarcimento ao beneficiário pelo que tiver sido edificado até aquele momento.

 

A Prefeitura doará aos beneficiários um projeto arquitetônico padrão de 48 metros quadrados, que pode ou não ser utilizado pelo beneficiário, mas a obra a ser edificada não poderá ser inferior a esta área e deverá ser obrigatoriamente de alvenaria.

 

Beneficiário não poderá vender ou alugar pelo prazo de 30 anos

Por se tratar de um programa de interesse social, voltado a uma política pública de moradia, os beneficiários não poderão, sob hipótese alguma, alugar ou vender o imóvel pelo prazo de 30 anos a contar da emissão do habite-se. 

 

> Acesse a íntegra do edital aqui

 

Primeira fase do programa

A doação de terrenos é a primeira fase do Programa Social de Habitação Popular. Nesta etapa, a Prefeitura desapropriou diversas áreas institucionais do município, que estavam em desuso, para doar a famílias carentes, permitindo que elas tenham um espaço para construir suas casas próprias.

 

Ao todo, estão sendo desafetadas seis áreas situadas em diferentes regiões da cidade. Elas totalizam cerca de 10,5 mil metros quadrados, que serão desmembrados nos 57 lotes a serem doados.

 

Programa vai atuar em três frentes

A doação de lotes é a primeira etapa do programa e apenas uma de suas três frentes de atuação, que são as seguintes:

 

  • Análise de novas áreas institucionais em desuso para doação de mais terrenos para famílias carentes.

 

  • O apoio a projetos imobiliário do programa Minha Casa, Minha Vida desenvolvidos pela iniciativa privada no município, que também deverão beneficiar dezenas de famílias. 

 

  • A regularização fundiária: que vai dar a escritura de imóveis com pendências para cerca de 200 famílias carentes.

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

 

Era uma espera de 30 anos. Os moradores do Santa Rita, em Borda da Mata, finalmente podem comemorar a pavimentação de um conjunto de ruas do bairro que aguardavam por décadas. No final da última semana, o prefeito André Marques esteve no local, acompanhando as obras.

 

Ao todo, cinco ruas estão sendo pavimentadas no bairro Santa Rita, uma no bairro Nossa Senhora de Fátima e outra no Centro. “Com muito trabalho e empenho, garantimos mais esta conquista para os moradores. Sabemos o quanto o atendimento desta demanda era aguardada pelo bairro. Graças ao esforço fiscal de nossa gestão, na economia de gastos com a máquina para poder investir na cidade, e graças à emenda parlamentar do deputado Bilac Pinto, chegamos à reta final desta obra importantíssima”, avaliou o gestor.

 

O investimento estimado é de cerca R$ 467 mil. Deste montante, R$ 365 mil é fruto de emenda parlamentar do deputado federal Bilac Pinto e outros R$ 101,3 mil são de recursos próprios da Prefeitura.

 

Município supera crise tornando gestão mais eficiente: R$ 5 milhões em investimentos

A capacidade da administração de captar recursos, com o apoio político nas esferas federal e estadual, e de tornar a gestão cada vez mais eficiente, fazendo mais com menos, tem sido um diferencial importante para permitir que o município siga investindo mesmo em um período em que a maioria das Prefeituras tem dificuldades até de honrar os salários dos funcionários.

 

Se por um lado o município deixou de receber quase R$ 7 milhões do governo de Minas em repasses não feitos, por outro conseguiu investir R$ 5 milhões por meio de gestão eficiente e captação de emendas parlamentares. “Acreditamos que este seja um número importante e do qual nos orgulhamos em apresentar para nossa população, que pode ter nele a medida do esforço de toda a administração para servir com honra e dedicação à nossa querida cidade”, argumenta o prefeito André Marques.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

A Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata divulgou neste sábado, 28/03, mais um boletim epidemiológico do coronavírus (Covid-19) no município. São sete casos suspeitos. Dois desses casos já foram descartados por critérios clínicos e epidemiológicos, pois em casos considerados leves, não está sendo realizado exame. Outros dois pacientes estão hospitalizados, realizaram a coleta do exame e estão aguardando resultado.

Com a mudança do protocolo estadual, divulgado na noite de 23/03, o acompanhamento mudou, por isso, as equipes de Saúde deixaram de monitorar pessoas recém-chegadas de viagem a partir de 25/03. No dia 24/03, ainda foi realizado o monitoramento, conforme boletim divulgado. Os casos são notificados a partir da ida do paciente às Unidades Básicas de Saúde. Sintomas gripais como febre, tosse e falta de ar são considerados sintomas suspeitos de coronavírus (Covid-19).

Os sete pacientes de Borda da Mata são quatro mulheres e três homens. Entre as mulheres, uma com idade entre 10 a 19 anos, duas com idades entre 20 a 59 anos e uma idosa com mais de 80 anos. Entre os homens, os três têm idades entre 20 a 59 anos.

A secretária municipal de saúde, Rosaly Esther, ressalta a importância de manter as medidas de prevenção, como a higiene e evitar aglomerações. 

 

BOLETIM 21-03

BOLETIM 24-03

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as medidas de prevenção são as mais eficazes para conter o avanço da doença. Por isso, informação é essencial. As equipes de Saúde da Família, Pronto Atendimento e toda a Secretaria Municipal de Saúde estão trabalhando arduamente em ações de intensa conscientização e como a população pode utilizar o serviço de saúde para se proteger.

A secretária municipal de saúde, Rosaly Esther, enfatiza que toda a equipe está empenhada em seguir os protocolos das autoridades em saúde para dar a assistência necessária a população de Borda da Mata “tomamos todas as medidas de contenção ao avanço do vírus, além de levar sempre a informação às pessoas, por isso criamos um canal de comunicação remoto: o WhatsApp da Saúde (35) 99885 9040”.

 

ONDE DEVO PROCURAR ATENDIMENTO?

Em casos de SINTOMAS GRIPAIS (febre, tosse, falta de ar), dores crônicas, solicitações de exames, doenças de longa data e investigações, procure a UBS de referência do seu bairro.

E casos de URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS (dificuldade para respirar, infarto, AVC, apendicite aguda, acidentes de trânsito, fraturas, desmaios), procure o Pronto Atendimento Municipal.

 

Unidades Básicas de Saúde

Os postos de saúde estão com o serviço voltado prioritariamente para o atendimento de pacientes com febre e sintomas respiratórios (falta de ar, tosse, produção de escarro, congestão nasal ou conjutival, dificuldade de deglutir, dor de garganta, coriza e etc). Conforme explica a enfermeira Graziela Nogueira, da UBS Santa Rita, “a importância dos demais pacientes não frequentarem os postos de saúde nesse momento está relacionada à diminuição da disseminação do vírus e ao direcionamento da equipe de saúde para o atendimento rápido e eficiente aos pacientes que podem estar infectados com o novo covid-19 ou com outros vírus sazonais. Os Agentes Comunitários de Saúde estão atendendo as demandas da população por meio de mensagens de texto e telefonemas, além de distribuírem panfletos informativos sobre as formas de controle da doença.”

 

Na Unidade do bairro Nossa Senhora de Fátima, o enfermeiro Cássio Magno mostra as alterações na rotina, como a retirada dos bancos de espera, a orientação da distância entre as pessoas, além da utilização dos equipamentos de proteção individual, como as máscaras e também a limpeza constante de superfícies. “Nos últimos dias estamos otimizando os atendimentos médicos frente à nova pandemia do coronavírus. A proteção e cuidado começam em casa, sendo o primeiro local de tratamento para controle da epidemia.” Na unidade, o enfermeiro Cássio e o médico Victor Vilela listaram dez principais atitudes que todos podem tomar para contribuir:

 

  1. Sem pânico: a pandemia já era iminente, o anúncio era apenas uma questão de tempo, mas nós podemos fazer essa história ser diferente aqui no Brasil seguindo as orientações recomendadas. Lembre-se: as informações são muito dinâmicas e as recomendações podem mudar diariamente;

 

  1. Sem Fake News: se você quer divulgar algo, consulte a fonte. O site do Ministério da Saúde e nossos canais de comunicação possuem informações confiáveis;

 

  1. Evite beijo, abraço e aperto de mão: nosso país é caloroso, mas precisaremos mudar esse hábito por um período. Todos vão entender a necessidade de cumprimentar apenas com um sorriso à distância;

 

  1. Visita aos idosos podem esperar também: idosos acima de 60 anos são um dos principais grupos de risco. É recomendado evitar que tenham contato com pessoas com sintomas;

 

  1. Higienize sempre as mãos e procure não tocar o rosto: higienize as mãos com frequência, utilizando água e sabão ou álcool gel;

 

  1. Cubra o rosto quando tossir: de preferência usando lenço descartável ou os braços (a parte interna do cotovelo);
  2. Evite aglomerações: se puder permanecer em casa e evitar locais fechados com muitas pessoas, tanto melhor;

 

  1. Sempre alerta: nós podemos ser os vigilantes. Promova a prevenção no seu entorno;

 

  1. Em caso de sintomas respiratórios, tais como: coriza, congestão nasal, tosse e espirros, a recomendação é de controle sintomático em casa, aguardando os sintomas cessarem e prevenindo contato com outras pessoas; A equipe da Saúde da Família faz o acompanhamento e está à disposição para tirar dúvidas pelos telefones.

 

  1. Somente procurar o Pronto Atendimento Municipal em caso de sintomas respiratórios E FALTA DE AR, lembramos que o Pronto Socorro é um dos principais locais de contágio do coronavírus.

 

UBS Centro - 3445 4954
UBS N S Fátima - 3445 4955
UBS Santa Cruz - 3445 4956
UBS Santa Rita - 3445 4957
UBS Sertãozinho - 3445 4958
UBS Cervo - 3445 4953

 

Pronto Atendimento Municipal

24 horas por dia, sete dias por semana. O Pronto Atendimento Municipal fica à disposição para casos de urgência e emergência da população. Entende-se com urgência e emergência situações em que a vida do paciente está em risco e precisa de atendimento imediato, como desmaios, fraturas, acidentes de trânsito, e diante da pandemia do coronavírus, o sintoma mais preocupante é a dificuldade para respirar.

Por isso, a triagem e classificação pelo Protocolo de Manchester é necessária, pois é preciso dar prioridade aos atendimentos urgentes.

 

Vacinação contra a gripe

Desde o dia 23/03, em todo o Brasil, teve início a campanha nacional de vacinação contra a gripe. A vacina não evita o ataque do novo vírus, mas protege do vírus influenza (causador da gripe), o que impede uma sobrecarga do sistema respiratório que agravaria um eventual ataque do novo coronavírus. A vacinação também ajuda a diferenciar entre gripe e a Covid-19.

Dividida em três fases, a vacinação segue até o dia 9/05 e vai imunizar mais de 7 mil pessoas dos grupos de risco em Borda da Mata.

  • Primeira fase: 23/03 – Idosos, Profissionais da Saúde e Pessoas portadoras de deficiência
  • Segunda fase: 16/04 – Professores, Profissionais das Forças Armadas e Doentes Crônicos
  • Terceira fase: 09/05 (Sábado – DIA D) – Crianças, Gestantes, Puérperas, Indígenas e Adultos de 55 a 59 anos
Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

 

Município seguirá estritamente as deliberações do governo estadual para o fechamento de setores do comércio, eventos públicos e privados como medida de evitar aglomerações; e concentrará seus esforços nas ações de saúde para o enfrentamento do coronavírus

 

> Confira a íntegra do Decreto 4.267

 

Diante das incertezas geradas nos últimos dias, em especial em meio ao conflito entre governo federal e governos estaduais, os decretos das prefeituras para adoção de medidas contra o coronavírus passaram a perder efetividade. Diante deste cenário, o prefeito André Marques reuniu o Comitê de Operações de Emergência em Saúde para reavaliar as medidas adotadas até aqui pelo município.

 

O encontro ocorreu no final da tarde e início da noite desta quinta-feira, 26, o Comitê decidiu que a cidade se concentrará, agora, nas ações em saúde para o combate ao novo coronavírus e passará a seguir, estritamente, as determinações previstas no decreto de calamidade pública e deliberações do Comitê Extraordinário COVID-19 (COE-MG) do Governo de Minas referentes às restrições de atividades econômicas e sociais, às quais é obrigado a se submeter.

 

As definições do comitê municipal foram publicadas no Decreto 4.267 de 26 de março de 2020, que terá seus efeitos válidos a partir da próxima segunda-feira, 30.

 

“O momento é muito delicado. Temos uma missão inadiável que é a missão de salvar vidas. Este deve ser o primeiro compromisso de todos. Por outro lado, temos uma grande preocupação com o sustento das pessoas diante da imposição de restrições a atividades econômicas como forma de evitar aglomeração de pessoas. Vamos seguir as determinações do estado, que está acima de nós, e mobilizar nossa estrutura para as ações de saúde, orientando e garantindo o cumprimento das medidas sanitárias contra o vírus e protegendo a saúde de nossos moradores”, avalia o prefeito André Marques.

 

Como ficam as medidas de restrições no comércio e eventos

De acordo com a deliberação do Estado, por meio do COE-MG, ficam suspensas atividades ou empreendimentos com potencial de aglomeração de pessoas. Eles são os seguintes:

 

- eventos públicos e privados de qualquer natureza, em locais fechados ou abertos, com público superior a trinta pessoas; 

 

- atividades em feiras, inclusive feiras livres;

 

 - shopping centers e estabelecimentos situados em galerias ou centros comerciais;

 

 - bares, restaurantes, lanchonetes e congêneres; (que podem manter os serviços de entrega e retirada em balcão, desde que atendam todas as normas sanitárias vigentes)

 

 - cinemas, clubes, academias de ginástica, boates, salões de festas, teatros, casas de espetáculos e clínicas de estética;

 

 - museus, bibliotecas e centros culturais.

 

Também de acordo com a deliberação estadual, esses empreendimentos podem manter atividades internas, desde que “respeitadas as regras sanitárias e de distanciamento adequado entre os funcionários”.

 

O estado ainda permite a realização de transações comerciais por meio de aplicativos, internet, telefone ou outros instrumentos similares, e os serviços de entrega de mercadorias em domicílio ou para retirada em balcão, vedado o fornecimento para consumo no próprio estabelecimento.

 

Os estabelecimentos devem adotar medidas complementares para restringir a aglomeração de pessoas em seu interior, especialmente naqueles em que haja a formação de filas. Funcionários e clientes devem manter uma distância mínima de 2 metros entre si. 

 

Os estabelecimentos não enquadrados na proibição do estado, podem funcionar desde que obedecidas as normas sanitárias vigentes da Secretaria Municipal de Saúde. 

 

As determinações do COE-MG preveem outras medidas contra a aglomeração de pessoas que devem ser observadas por todos os estabelecimentos:

 

  • Restrição de pessoas por metro quadrado (01 pessoa a cada 2 m²);

 

  • Horário exclusivo de atendimento para pessoas do grupo de risco, sendo ao menos 1 hora por dia em horário a ser definido pelo estabelecimento comercial;

 

  • Permissão de apenas 01 pessoa por família para entrada no estabelecimento comercial;

 

  • Proibida a entrada de menores de 12 anos, mesmo que acompanhados dos responsáveis legais;

 

  • Limitação de quantidade de mercadorias por pessoa, a ser definida pelo próprio estabelecimento comercial.

 

Indústrias e estabelecimentos fabris

As indústrias e fábricas poderão funcionar desde que adotem jornada reduzida e regimes de escalas para reduzir a aglomeração de funcionários. Elas devem ainda adotar medidas de prevenção ao Covid-19, disponibilizando material de higiene e orientando os trabalhadores.

 

Aulas na rede municipal de Educação

As aulas na rede municipal de Educação permanecem suspensas, em princípio, até o dia 6 de abril, seguindo orientações da Secretaria Estadual de Educação.

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

O Banco do Brasil informa aos beneficiários do INSS algumas ações a fim de evitar a ida desnecessária a agências bancárias durante o período de contenção ao avanço do coronavírus (Covid-19).

  • Faça a prova de vida depois. O INSS não bloqueará os benefícios daqueles que não realizarem a prova de vida nos próximos 120 dias;
  • O cartão de benefício do INSS faz compras. Utilize a função débito. A senha é a mesma utilizada para saque;
  • Se precisar mesmo ir a agência, evite horários de grandes fluxos e mantenha a distância de dois metros de outras pessoas;
  • Avalie a utilização de aplicativos no celular, Internet e o uso dos meios de pagamento por cartão de crédito e débito.

Nunca, em hipótese alguma, forneça a senha para estranhos.

Serviço

WhatsApp Banco do Brasil (61) 4004 0001

Central de Atendimento 0800 729 0001

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

 

Tributos que pesam sobre empresas, comércios e moradores terão cobrança adiadas entre 60 e 180 dias como forma de aliviar a efeitos da crise sobre a população durante o período mais grave da pandemia de coronavírus

 

Em meio à crise da pandemia de coronavírus, a Prefeitura de Borda da Mata adotou medidas para amenizar os impactos sobre os contribuintes. Após amplo estudo, o setor de tributos decidiu prorrogar as datas para pagamentos de impostos municipais como IPTU, ISSQN e taxas de licenciamento; suspender por 100 dias a cobrança a inadimplentes; e implantar um sistema de atendimento remoto para eliminar o contato social, maior fator de propagação do vírus. 

 

> Confira a íntegra do Decreto 4.261

 

As novas medidas para o enfrentamento da pandemia de coronavírus estão presentes no Decreto 4.261 e passam a valer imediatamente.

 

Entre os impostos que terão prazos de pagamento prorrogados estão: 

 

  • A  Cota Única do Lançamento de ISSQN Anual e Taxas de Licença de Funcionamento: que seriam cobrados em 20 de março e foram adiados para 20 de agosto;

 

  • O IPTU, Taxas e CIP: normalmente cobrados em junho, eles terão vencimentos a partir de 21 de agosto, data para o pagamento da cota única, para aqueles que assim optarem, aderindo ao desconto de 10%. Para os contribuintes que optarem pelo parcelamento os vencimentos serão em 21 de agosto; 21 de setembro e 21 de outubro.

 

  • Já os pagamentos mensais do ISSQN previstos para os próximos 90 dias foram adiados por seis meses, da seguinte forma: o imposto apurado em março, com vencimento em 15 de abril, fica com vencimento para 15 de outubro; o mesmo vale para os vencimentos dos dois meses seguintes: o de 15 de maio terá vencimento em 15 de novembro; o que venceria em 15 de junho passa a vencer em 15 de dezembro.

 

Suspensão de cobranças por 100 dias

Outra medida adotada a fim de reduzir a pressão dos impostos sobre a população foi a suspensão por 100 dias dos procedimentos de cobrança voltados para inadimplentes, aqueles inscritos na dívida ativa do município. 

 

Pelo decreto, estão suspensos o encaminhamento de certidões da dívida ativa para cartórios de protesto; o cancelamento de parcelamentos com duas ou mais parcelas e atraso; e os prazos processuais dos processos tributários administrativos e os de impugnação.

 

A secretária de Administração e Finanças, Marília Sáber, avalia a medida como necessária e responsável. “Fizemos um estudo cuidadoso com o objetivo de possibilitar o maior alívio possível para nossas empresas, comerciantes e moradores. Ao mesmo tempo, nos preocupamos com o equilíbrio financeiro do município, que também será bastante afetado por essa crise”, concluiu.

 

Para o prefeito André Marques, o momento requer sensibilidade do poder público para socorrer a população em suas maiores necessidades. “Todos teremos nossa cota de sacrifício. Ao município, cabe proteger a saúde da população de todas as formas e apoiar como for possível nosso comércio, empresas, trabalhadores e famílias de Borda da Mata. Essa nova medida traz algum alívio sobre os impostos no período que esperamos que seja o mais grave da crise”, projetou.

 

Atendimento remoto

Outra medida presente no decreto, é a suspensão total do atendimento presencial no setor de Tributação Municipal. A mudança vale por tempo indeterminado, tratando-se de mais uma forma de eliminar o contato social, principal vetor de propagação do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

 

Ao longo do período de suspensão, os contribuintes serão atendidos de forma remota, através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (35) 3445-4900/4923, das 9h às 13h.

 

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

A Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata divulga nesta terça-feira, 24/03, o Boletim Epidemiológico atualizado do novo coronavírus (Covid-19) no município. São 59 pessoas em isolamento domiciliar com monitoramento pela Equipe de Saúde da Família e Vigilância em Saúde. Destes casos, 21 pessoas têm sintomas gripais e 38 são assintomáticos. Considerando que o Ministério da Saúde classificou todo o país como transmissão comunitária, todos os casos com sintomas gripais (tosse, coriza, dor de garganta, dor muscular...) estão monitorados. Dentre as 21 pessoas com sintomas gripais, são três casos suspeitos que permanecem com quadro estável e tratamento dos sintomas.

ASSISTÊNCIA MÉDICA 

Em casos de sintomas, em primeiro lugar, busque orientação por telefone, com a Equipe da Saúde da Família de referência no seu bairro ou ainda no Pronto Atendimento. Os profissionais da Saúde Municipal de Borda da Mata estão fazendo o monitoramento dos casos nos domicílios. O ISOLAMENTO DOMICILIAR é a melhor maneira de evitar a propagação do vírus.

WhatsApp Secretaria Municipal de Saúde 35 9 9885 9040

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o IFSULDEMINAS Campus Inconfidentes usou a tecnologia e o conhecimento da institição para transformar bebidas alcoólicas apreendidas em álcool em gel. A ação aconteceu em parceria com a Delegacia da Receita Federal de Poços de Caldas que repassou o material apreendido em operações de combate ao contrabando.

Com a produção pronta, o reitor do campus Inconfidentes, professor Luiz Flávio, entregou parte a secretária municipal de Saúde de Borda da Mata, Rosaly Esther, nesta terça-feira, 24. “Vai ser de grande valia esse material para uso da equipe da Saúde que está trabalhando arduamente, principalmente agora, com o atendimento e atenção redobradas para proteger a todos contra a disseminação do novo coronavírus” destaca a secretária.

O prefeito André Marques agradece o apoio do Instituto “receber do IFSULDEMINAS, que tem um laço estreito com Borda da Mata, por meio da Educação a muitos jovens de nossa cidade, esse ato neste momento de incertezas é um alento para o trabalho da Saúde. Essa ação é também é uma maneira de fortalecer a região no combate ao avanço da doença.”

Para o reitor do IFSULDEMINAS, professor Marcelo Breganholi, "o papel do Instituto vai além de oferecer um ensino de qualidade. Nós temos o dever de devolver à sociedade todo o investimento público direcionado à instituição. Para isso, usamos nossa estrutura e profissionais em projetos e iniciativas como a de agora. Somos sensíveis ao que a população está passando e queremos contribuir sempre de alguma forma.”

 

Tecnologia

O maquinário do Campus Inconfidentes é a único instalado no Estado de Minas Gerais, fora os que existem em indústrias de bebidas. Ele é utilizado desde 2013 na produção de etanol, usado para abastecer a frota de automóveis da instituição, e de álcool, empregado na higienização do campus e como insumo, em laboratórios. A fabricação desses produtos é possibilitada devido às parcerias com produtores de cachaça da região (que oferecem ao campus as impurezas da destilação, proibidas de comercialização, conhecidas como “cabeça” e “cauda") e com a própria Receita Federal, com as doações. 

 

Com informações do IFSULDEMINAS

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias
Página 1 de 4

Filtro por data

« Março 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Mais lidas