Notícias
Prefeitura Municipal de Borda da Mata - Itens filtrados por data: Quarta, 07 Agosto 2019

O setor de Vigilância da Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata fez uma ação de imunização voltada para os comerciantes que atuam às margens da MG-290. A medida realizada nesta quarta e quinta-feira, 08, tem como foco proteger o segmento da população que fica mais exposto ao contato com moradores de outras regiões do país onde ocorre surtos de doenças como o sarampo.

 

Os comerciantes receberam doses contra Sarampo, Rubéola e Caxumba. De acordo com a coordenadora da Vigilância em Saúde, Grazieli Siqueira, foram administradas 178 doses dessas vacinas. 

 

Quem for viajar para estados que registraram casos de Sarampo deve se vacinar

O Ministério da Saúde registrou casos de sarampo em cidades de três estados: São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. Grazieli Siqueira informa: “Quem for viajar para essas localidades deve se vacinar contra a doença”. Segundo ela, a recomendação é válida especialmente para crianças acima dos seis meses. Para se vacinar, basta procurar a unidade de saúde mais próxima de sua casa.

 

Conforme orientações publicadas esta semana pelo Ministério da Saúde, “além de proteger, a medida de segurança [a vacinação] pretende interromper a cadeia de transmissão do vírus do sarampo no país. Atualmente, 43 cidades em três estados brasileiros (São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia) se mantém com surto ativo, ou seja, com crescimento do número de casos confirmados da doença”.

 

>> Confira neste link as cidades que apresentam ‘surto ativo’ de sarampo.

 

Situação no município é tranquila

A medida adotada pela Vigilância em Saúde junto aos comerciantes que atuam na MG-290 é preventiva. Para os demais moradores, não há motivos para preocupação. Além dos comerciantes apenas quem for viajar para as cidades que apresentam ‘surto ativo de sarampo’ devem ser imunizadas. “Não há nenhum motivo para preocupação local. Não há nenhum caso registrado no município”, conclui a profissional.

 

Panorama do sarampo no Brasil

O Ministério da Saúde registrou, nos últimos 90 dias, entre 05 de maio a 03 de agosto de 2019, 907 casos confirmados de sarampo no Brasil, em três estados: São Paulo (901), Rio de Janeiro (5) e Bahia (1). O coeficiente de incidência da doença foi de 0,4 por 100.000 habitantes.

O país vinha de um histórico de não registrar casos autóctones desde o ano 2000. Entre 2013 e 2015, ocorreram dois surtos da doença a partir de casos importados, nos estados do Ceará e Pernambuco, com 1.310 casos. Os surtos foram controlados com as medidas de bloqueio vacinal e, em 2016, o Brasil recebeu o Certificado de Eliminação do Sarampo, emitido pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). O Brasil perdeu o certificado em fevereiro deste ano e, atualmente, empreende todos os esforços para eliminar novamente a transmissão do vírus no país, com reforço da vacinação contra o sarampo. Manter altas e homogêneas coberturas vacinais na população é a única forma de evitar a transmissão da doença.

 

Com informações da Agência Saúde

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Para apoiar os jovens, esta semana um ônibus foi disponibilizado pela Prefeitura para transportá-los às quartas e sextas-feiras até o treinamento da Escolinha de Futebol do município, que ocorre no período da tarde no Estádio Municipal. Projeto passa a atender 170 estudantes

 

Mais 24 estudantes passaram a fazer parte do projeto Bom de Bola, Bom na Escola, a ação da Prefeitura de Borda da Mata que une Esporte e Educação para formar jovens. Os novos integrantes da iniciativa são da Escola Municipal Antônio Marques da Silva, no bairro Santa Cruz. 

 

Até então, os jovens da localidade tinham dificuldade de participar do projeto por conta da distância até o Estádio Municipal, onde são realizadas as atividades do projeto. Esta semana, porém, a Prefeitura disponibilizou um ônibus para transportá-los às quartas e sextas-feiras até a arena municipal.

 

O ônibus sairá da escola às 13h30 e deixará o estádio às 16h. A seleção dos alunos para integrar o projeto seguiu a dinâmica de funcionamento do projeto. Os professores avaliaram notas, frequência e comportamento, afinal, o bom desempenho em sala de aula é uma condição necessária para participar e se manter na escolinha de futebol.

 

Projeto já atende 170 jovens

Com a inclusão dos novos alunos, o projeto ‘Bom de Bola, Bom na Escola’ passa a atender 170 meninas e meninos de 6 a 17 anos. “Aos poucos estamos ampliando o projeto e pretendemos levá-lo para outras modalidades esportivas. Investir em esporte e educação para os nossos jovens é uma aposta no futuro de nossa cidade. Além de jovens saudáveis e atletas talentosos, pretendemos, com este projeto, formar grandes homens e grandes mulheres”, considera o prefeito André Marques.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Filtro por data

« Agosto 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  

Mais lidas