Notícias
Prefeitura Municipal de Borda da Mata - Itens filtrados por data: Outubro 2018

A segunda edição do Festar Gastronômico de Borda da Mata acontece de 2 a 27 de janeiro de 2019. As inscrições para participar do evento acontecem de 3 a 13 de dezembro na Prefeitura Municipal. O festival consiste na competição de pratos elaborados pelos estabelecimentos da cidade, com o objetivo maior de promover, valorizar e divulgar a gastronomia local, oportunizando o oferecimento de pratos especiais ao público, que representem a culinária tradicional, buscando atrair, não apenas os consumidores habituais, mas principalmente novos clientes. Mais importante que a competição entre os estabelecimentos, o que se busca é criar interatividade, sinergia e lucratividade para todos, não só do ponto de vista econômico, mas social, cultural e turístico.

Da primeira edição em 2018 para a segunda edição, algumas modificações foram consideradas no regulamento, o qual está disponível neste site para consulta.

Todos os estabelecimentos que preparam o alimento no local estão aptos a participar, entre eles: bares, botecos, pesqueiros, pizzarias, pastelarias, lanchonetes e restaurantes de Borda da Mata (devidamente regularizados conforme a legislação municipal com a apresentação de alvará de funcionamento e sanitário);

A Comissão Julgadora será composta por 3 jurados (os quais visitarão os estabelecimentos em dias aleatórios sem prévio aviso ao dono do estabelecimento) + voto popular (peso 2);

A Comissão Organizadora será composta por 4 pessoas (visitarão os estabelecimentos nos dias definidos por sorteio para o ponto de encontro);

São cinco quesitos de avaliação do prato participante do Festar Gastronômico 2019, sendo dois deles com maior peso na nota. Tanto os jurados quanto o público vão avaliar os itens com notas de 5 a 10. 

  1. Sabor (peso 2);
  2. Criatividade / Inovação na receita (peso 2);
  3. Apresentação do prato ou petisco (peso 1);
  4. Atendimento (peso 1);
  5. Higiene do local (peso 1).

O prato inscrito deve servir até duas pessoas, com valor máximo de R$25,00 (vinte e cinco reais).

As informações completas estão no Regulamento do Festar Gastronômico 2019

 

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

O Departamento Municipal de Desenvolvimento Social de Borda da Mata realizará o Diagnóstico Socioterritorial do município a fim de identificar situações de vulnerabilidade, conhecer as demandas por serviços da rede socioassistencial visando melhoria no atendimento à população através da adequação da oferta e demanda considerando a realidade do município. Também serão coletadas informações sobre o potencial produtivo da população, oportunidades de trabalho e acesso ao mercado conforme as diretrizes do ACESSUAS (Programa de Acesso ao Mundo do Trabalho) instituído pelo Ministério do Desenvolvimento Social, cujo o objetivo central é identificar a necessidade do mercado de trabalho, características daqueles que buscam serviço e, principalmente, direcionar as qualificações profissionais e cursos oferecidos, como é o caso do projeto em andamento Qualifica Borda da Mata, que, em parceria com o Fundo Especial do Ministério Público, investiu cerca de 350 mil reais em cursos para aperfeiçoamento profissional de quase mil pessoas na cidade.

Dez recenseadores farão as aplicações dos questionários em todos os bairros de Borda da Mata a partir de dezembro de 2018. Na pesquisa por amostragem, cerca de mil famílias serão entrevistadas. O treinamento e acompanhamento dos recenseadores, bem como o processamento e análise dos resultados serão feitos pelo Grupo Unis através da Unidade de Novos Negócios. Os pesquisadores estarão devidamente identificados com crachá, colete e material de trabalho.

Com início em novembro de 2018, o projeto se estende pelos próximos 8 meses e entregará resultados fundamentais para articulações de política e ações de inclusão produtiva, além de subsidiar  a elaboração do Plano Municipal de Assistência Social, que proporcionará a continuidade, qualidade e excelência dos serviços prestados aos borda matenses.

É de suma importância que toda a população seja receptiva e apoie o projeto para que os objetivos traçados sejam alcançados. E vale reforçar que a participação nesta pesquisa não afetará em nada os cadastros anteriormente realizados junto ao Departamento de Desenvolvimento Social e também não compromete quaisquer benefícios e/ou atendimentos ofertados pelo SUAS.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Uma das ações de incentivo ao esporte em Borda da Mata foi a contratação do professor Tiago Lopes em janeiro de 2017 para treinar a escolinha de futebol, com aulas três vezes por semana no Estádio. Dezenas de crianças e adolescentes treinam e têm aproveitado o contraturno escolar para se dedicar a uma atividade física. Com o apoio das famílias, da comunidade e da Prefeitura, muitas categorias se destacam e até conquistam títulos em campeonatos da região.

 

ESPORTE

Em 2018, a Prefeitura iniciou a reforma do Estádio com os servidores do Departamento de Obras, espaço que estava totalmente abandonado, porém, com o acúmulo da dívida do Governo Estado de Minas Gerais com os municípios e o valor que já ultrapassa R$ 4,5 milhões de reais, apenas os serviços essenciais foram priorizados.

Há ainda um projeto para revitalização do poliesportivo e de todo o complexo esportivo que fica ao lado, por meio de empréstimo com o BDMG. Com a revitalização e ampliação do espaço que hoje também está bastante precário, vai ser possível estimular ainda mais prática de esportes em Borda da Mata.

Este ano, outra conquista no setor foi a habilitação para receber o ICMS Esportivo. Há anos sem receber a parcela do ICMS referente ao Esporte, Borda da Mata regularizou as políticas públicas e realização de atividades para voltar a pontuar no programa do Governo do Estado que repassa parte da verba para manutenção do Esporte. A Administração 2017/2020 atuou durante os dois primeiros anos na consolidação das ações e a resposta veio em 31 de outubro, em que a cidade está habilitada para receber o recurso em 2019 com a pontuação de 324, sendo a 169ª colocada em um ranking de 534 municípios habilitados em Minas Gerais. Um resultado inédito para Borda da Mata.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Na 5ª edição do boletim elaborado pelo Setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata, a enfermeira Grazieli Siqueira abordou sobre a síndrome mão-pé-boca que acarretou crianças nas creches municipais durante o mês de novembro em Borda da Mata.  O boletim explica que tal síndrome é uma doença contagiosa que ocorre mais frequentemente em crianças com menos de 5 anos, mas também pode acontecer em adultos, e é causada pelo vírus do grupo coxsackie, que pode ser transmitido de pessoa para pessoa, através da tosse, espirros e saliva e do contato direto com bolhas que tenham estourado. Uma única criança doente pode contaminar várias outras, por isso, é importante que a criança infectada NÃO VÁ A ESCOLA no período de 7 dias, em média.

Geralmente, os sintomas da síndrome mão-pé-boca só surgem após 3 a 7 dias da infecção pelo vírus e incluem febre superior a 38ºC, dor de garganta e falta de apetite. Após 2 dias do surgimento dos primeiros sintomas, aparecem aftas na boca e bolhas nas mãos, pés e, por vezes, na região íntima, que podem coçar.

De acordo com o boletim, no Cemei Professora Ana Maria Cabral dos Santos, o ato de alertar e orientar os pais e responsáveis foi suficiente para conter a transmissão da doença em larga escala, uma vez que pais que tiveram seus filhos adoecidos evitaram a ida destes para a escola durante o período de transmissão. Já na Creche Madre Tereza Saldanha, a mesma ação não foi suficiente para conter a transmissão da doença; muitos pais e responsáveis continuaram mandando seus filhos doentes para a creche, mantendo assim o ciclo de transmissão do vírus e a reinfecção das crianças já contaminadas anteriormente, o que poderia acarretar em graves complicações, como o risco de infecção generalizada, caso nenhuma providência fosse tomada. Das 161 crianças matriculadas na Creche, 44 adoeceram. Por este motivo, o Setor de Vigilância Epidemiológica do município não teve alternativa a não ser interditar o local por um período de 7 dias, período este de maior transmissão do vírus. Portanto, de 08/11/2018 até 14/11/2018, como medida preventiva, a Creche não teve aula. Com o feriado de 15/11 e final de semana, as atividades da Creche retornam no dia 19/11/2018. Durante o período de interdição, os funcionários atuaram fortemente na higienização do local e de todos os objetos para controle do vírus deixado pelas crianças infectadas.

No dia 13/11, a enfermeira da Vigilância também orientou as monitoras sobre o que é a Síndrome, sobre cuidados que devem ter diante de qualquer possibilidade de doenças de transmissão viral, sobre imunização em dia para a idade e ainda sobre cuidados com a volta das crianças, visto que, mesmo após o período de incubação do vírus, este ainda pode estar presente nas fezes por até quatro semanas.

O boletim foi redigido em 14 de novembro de 2018.

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

O casal de contadores de histórias Socorro e Lúcio Lacerda trouxeram para Borda da Mata o projeto “Conte lá que eu conto cá”. Em parceria com o Departamento Municipal de Educação, três escolas receberam as atividades. No dia 22/11, o turno da manhã foi com os alunos da Escola Municipal Antônio Marques da Silva, no bairro Santa Cruz. Na parte da tarde, foi a vez das crianças da Escola Municipal Francisco de Souza Costa, no bairro Nossa Senhora de Fátima. No dia 23/11, os dois períodos foram dedicados aos alunos da Escola Municipal Professora Diva Ribeiro dos Santos, no bairro Santa Rita.

Com o objetivo de incentivar a prática de contar histórias, estimular a audição, provocar sentimentos e emoções através das histórias contadas e seus personagens, desenvolver a criatividade e a imaginação e encorajar os alunos a reconhecerem que suas histórias de vida são boas histórias a serem contadas, as atividades são desenvolvidas com recursos pedagógicos e lúdicos, como uma mala com objetos diversos: fantoches, avental, tapetes, máscaras, colcha de retalhos. Além de rodas de conversas para integração e interação entre todos. Os alunos adoraram as histórias e o modo de contá-las por Socorro Lacerda de Lacerda.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

No dia 12/11, representantes da Vigilância em Saúde, Departamento de Obras e Copasa fizeram uma varredura pela cidade em busca dos possíveis criadouros dos pernilongos gênero Culex que estão por todos os bairros. Identificados os locais, cada setor providenciou melhorias para tentar controlar a propagação. 

Este tipo de inseto se propaga em ÁGUA SUJA e PARADA e apesar do incômodo, não transmite doenças (ao contrário do Aeds Aegypti que se reproduz em água limpa e transmite Dengue, Zika, Chicungunya e Febre Amarela).  Um dos piores pontos, está em um terreno particular em que o proprietário foi notificado para as providências necessárias. A partir do criadouro, esses pernilongos voam até 3km no perímetro urbano, por isso, eliminar os focos é tão importante.

De acordo com a enfermeira da Vigilância em Saúde, Grazieli Siqueira, "a conscientização de cada um de nós é de extrema importância! De nada adianta toda uma equipe de combate se as pessoas sempre jogam lixo em local inadequado, donos de lotes que não se preocupam em mantê-los limpos, casas com acúmulo de locais possíveis de serem criadouros, entre outros. Graças a Deus, desde 2016 temos controlado bem a transmissão destas doenças em Borda da Mata, e isto graças ao empenho dos agentes de endemias e de uma parcela da população que faz sua parte. Nosso trabalho é árduo e contínuo, sempre com foco no que é melhor para todos nós bordamatenses." 

A população também pode auxiliar comunicando a Prefeitura quanto aos lotes sujos na cidade, pois existe o Fiscal de Posturas que notifica os proprietários para que cumpram a obrigação de manter os terrenos limpos e assim contribuir com a Saúde Pública.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Durante 3 meses, uma equipe da Secretaria de Saúde (Médico Dr Cauê, psicóloga Rosana, farmacêutica Kassandra e enfermeira Grazieli) acompanhou o Grupo de Tabagismo que tem por objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância de parar de fumar e oferecer mecanismos de ajuda para tal atitude. 10 pessoas iniciaram no grupo e após o sexto encontro, 8 conseguiram parar de fumar. Graças a determinação de cada participante e o comprometimento da equipe de saúde, esse foi um resultado inédito. O último encontro desta turma aconteceu no dia 06/11/18.

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

A primeira edição do Festar Literário de Borda da Mata em 2018 homenageou o escritor bordamatense Donizete Galvão. Para o evento que aconteceu de 9 a 11 de novembro, a Rede Municipal de Educação estudou e preparou trabalhos sobre a vida e obra do escritor homenageado. De acordo com a diretora de Administração e Finanças da Prefeitura, Marília Duarte Lopes Sáber, o Festar é um projeto que tem por objetivo fomentar o turismo, a cultura e o esporte de Borda da Mata. “O Festar Literário é o eixo cultural do festival e a homenagem a Donizete Galvão, poeta da terra, só enriqueceu o evento. Donizete poetizou a nossa realidade interiorana, rural e levou Borda da Mata para a literatura brasileira. Apesar disso, muitos bordamatenses não conheciam sua vida e sua obra. Conseguimos, com o Festar, apresentar Donizete Galvão para 2 mil alunos e para quase 200 profissionais da Educação. Acredito que só por isso, já tenha sido muito válido”.

 Lançamento do livro inédito de Donizete Galvão

Com a participação ativa de Ana Tereza Marques, viúva do escritor e também bordamatense, cerca de 20 poetas, jornalistas e artistas, amigos de Donizete visitaram Borda da Mata para participar da homenagem durante o sarau de abertura, no dia 09/11/18, no Colégio Nossa Senhora do Carmo. Além da presença de familiares e da editora Martelo, a qual fez o lançamento do livro inédito “O antipássaro” durante o evento.

 

Durante o sarau de abertura, na noite de sexta-feira, o evento contou com apresentações da Casa do Piano com a professora Maria Rita Costa Bertolaccini, as alunas da Escola Municipal Professora Diva Ribeiro dos Santos, Isabelly Maria do Couto Costa recitou o poema “A vida de um poeta” e Lavínia Salomé Raick Silva o poema “Donizete Galvão”, escrito em sala de aula durante os estudos sobre o projeto. Os alunos do Fundamental II da Escola Municipal Benedita Braga Cobra apresentaram a peça “A turma do Chaves em ‘Quem foi Donizete Galvão’” e arrancaram aplausos e gargalhadas do público. Os alunos do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Nossa Senhora do Carmo apresentaram “O senhor dos guizos”.

 

Com a presença de Tarso De Melo, Ruy Proença, Sônia Barros, Carlos Machado, Fabio Weintraub, Pádua Fernandes, Miguel Jubé, Diana Junkes, Luíza Mendes Furia, Reynaldo Damazio, Priscila Figueiredo, Leusa Araujo, Regina Pereira, Fábio Camarneiro, Alexandre Bonafim , Celso De Alencar e Josias Padilha, o sarau teve seu ápice com a recitação de poesias de Donizete e relatos sobre seu estilo de escrita e amor pela terra natal, muito presente em seus versos.  Uma homenagem à mãe e à esposa de Donizete Galvão, respectivamente, Maria Aparecida de Souza, conhecida como Dona Guinha, e Ana Tereza Marques encerraram o evento.

 

Na sexta-feira durante o dia, aconteceram ainda as oficinas com a poeta, crítica literária e professora de literatura na Universidade Federal de São Carlos, Diana Junkes. Na parte da manhã, as atividades aconteceram com as crianças da Escola Municipal Antônio Marques da Silva, no bairro Santa Cruz. Na parte da tarde, as atividades seguiram com os professores da Rede Municipal na Escola Municipal Professora Diva Ribeiro dos Santos.

 

No dia 10/11, sábado, a manhã cultural foi cheia de experiências literárias durante a exposição e apresentação de trabalhos, preparados pela Rede Municipal de Educação de Borda da Mata. Trabalhos manuais incríveis foram expostos na Praça Nossa Senhora do Carmo, além disso, o Coreto também recebeu apresentações de danças, recitações e música. O ator Josias Padilha e a escritora Sônia Barros participaram também com a contação de histórias entre as crianças, as quais também concorreram em sorteio e receberam livros infantis do escritor homenageado.

No domingo, a programação literária foi encerrada com a peça teatral apresentada pelo grupo “Velha Guarda da Diva”, formado por professoras aposentadas da Rede Municipal, a qual também arrancou aplausos e gargalhadas do público. De acordo com Ana Tereza, toda a família e rede de amigos de Donizete Galvão ficaram emocionados e encantados com o Festar Literário “Vocês estão de parabéns, nossos amigos estão voltando encantados. (...) Gostaram da hospedagem, dos pijamas – e compraram muitos, dos queijos, doces. (...) Adoraram nossa igreja, nossas praças e em especial a simpatia do povo da Borda. Mais uma vez, nossos agradecimentos a todos.”

 

De acordo com o prefeito André Carvalho Marques, trabalhar com os eixos de fomento ao esporte, turismo e cultura é dar condições para o desenvolvimento econômico, social e cultural do município. “O Festar – Festival de Arte de Borda da Mata – têm feito exatamente a valorização do que é nosso, em meio as dificuldades financeiras, o trabalho e a criatividade dos setores e departamentos envolvidos, além  da comunidade, têm impactado grande resultado no dia a dia das pessoas.”

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

Diante da forte crise financeira que a Prefeitura de Borda da Mata e mais 852 prefeituras no Estado enfrentam, pela falta de repasses constitucionais do Governo de Minas, desde o início do ano, os serviços essenciais têm sido mantido com recursos próprios. A dívida do Governo com Borda da Mata é de quase R$ 4 milhões e meio de reais, o que poderia ser investido em obras e serviços, nos diversos setores e departamentos.

Mesmo com a gestão de recursos próprios com muita responsabilidade e cautela, o recurso disponível para pagamento integral das empresas que fazem o transporte intermunicipal é suficiente até dia 14/11/2018. A decisão foi comunicada em reunião entre o Departamento Municipal de Educação, o Controle Interno e as empresas de transporte no dia 08/11.

Para os dias restantes do ano letivo, os alunos deverão entrar em acordo com as próprias empresas. Dos 10 meses de aula, apenas o último terá o pagamento pelos estudantes. Uma decisão necessária, porém muito cautelosa, a fim de não prejudicar nem estudantes, nem fornecedores e muito menos os serviços essenciais prestados pela Prefeitura. 

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias

A síndrome mão-pé-boca é uma doença altamente contagiosa que ocorre mais frequentemente em crianças com menos de 5 anos, mas também pode acontecer em adultos, e é causada pelo vírus do grupo coxsackie, que pode ser transmitido de pessoa para pessoa, através da tosse, espirros e saliva e do contato direto com bolhas que tenham estourado. Uma única criança doente pode contaminar várias outras, por isso, é importante que a criança infectada NÃO VÁ A ESCOLA no período de 7 dias, em média.

Geralmente, os sintomas da síndrome mão-pé-boca só surgem após 3 a 7 dias da infecção pelo vírus e incluem febre superior a 38ºC, dor de garganta e falta de apetite. Após 2 dias do surgimento dos primeiros sintomas, aparecem aftas dolorosas na boca e bolhas nas mãos, pés e, por vezes, na região íntima, que podem coçar.

Para garantir a saúde das crianças, dos pais e dos funcionários da Creche Municipal Madre Tereza de Saldanha, após avaliação e laudo técnico do Setor de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, as aulas serão suspensas do dia 08/11/2018 até 14/11/2018, como medida preventiva, para que casos isolados não se tornem uma epidemia. Os pais e responsáveis estão sendo avisados nos dias 6 e 7 de novembro para que possam organizar a rotina. Com o feriado de 15/11 e final de semana, as atividades da Creche retornam no dia 19/11/2018.

O tratamento da síndrome mão-pé-boca deve ser orientado pelo pediatra ou clínico geral e pode ser feito com remédios para a febre e anti-inflamatórios, com o objetivo de aliviar os sintomas.

O Departamento de Educação prioriza a segurança, a saúde e a qualidade dos serviços prestados, por isso, durante os 7 dias de interdição, os funcionários vão atuar fortemente na higienização do local e de todos os objetos para controle do vírus já deixado pelas crianças infectadas.

 

 

Compartilhar nas redes sociais:
Publicado em Notícias
Página 1 de 2

Filtro por data

« Novembro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Mais lidas