Notícias
18 de Julho de 2020 às 02:24

Casos confirmados e monitorados de Covid-19 aumentam em Borda da Mata. Oito pessoas estão internadas. Um óbito está em investigação.

Avalie este item
(0 votos)

O boletim epidemiológico de 18/07, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, atualiza as informações de Covid-19 em Borda da Mata, doença causada pelo novo coronavírus. O município registra 28 pacientes com Covid-19. São 18 diagnósticos positivos já CURADOS. Três pacientes estão internados. Outros cinco pacientes se recuperam em casa. O município contabiliza duas mortes por Covid-19. Mais um óbito está em investigação, uma idosa de 88 anos, portadora de diabetes, hipertensão e outras comorbidades. Ela estava internada no Hospital Samuel Libânio e era moradora do asilo de Borda da Mata.

Outros 20 pacientes estão em monitoramento pela Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata, dos quais 15 estão em isolamento domiciliar e cinco internados. Todos aguardam resultado de exame.

O boletim atualiza também o número total de notificações desde o início da pandemia: 145, sendo que 96 incluem-se em síndrome gripal inespecífica já CURADA, 74 destes pacientes fizeram exames e testaram negativo para o coronavírus. No boletim de 16/07, constavam 98 pacientes em síndrome gripal inespecífica, mas dois destes pacientes evoluíram os sintomas gripais e passaram para o grupo de monitorados.

A secretária de Saúde Rosaly Esther externa sua preocupação com o crescimento dos casos em Borda da Mata “Estamos trabalhando há meses para que a disseminação do vírus acontecesse da forma mais amena possível, com as medidas preventivas e protetivas. Sei que todos nós estamos cansados e entediados de tanto ouvir falar em coronavírus, mas infelizmente ele está circulando em nosso município. Se as pessoas não assumirem a sua responsabilidade, estão prejudicando não só a si mesmas, mas a sua família e toda a população borda-matense. Cada um precisa assumir a sua responsabilidade, por isso, se previnam, se protejam e se cuidem”.

 

A enfermeira responsável pela Vigilância em saúde da Secretaria Municipal, Grazieli Siqueira, explica a gravidade dos números “Mesmo com todos os esforços da Secretaria de Saúde em identificar esses clientes, realizar o isolamento domiciliar e isolar os possíveis transmissores, ainda nos deparamos com muitas pessoas que não respeitam as exigências epidemiológicas e sanitárias e, talvez por isto, esse acréscimo exponencial do número de casos. A exemplo, podemos citar as inúmeras denúncias de festas particulares, com elevado número de pessoas, que ocorreram em nosso município. Importante ressaltar ainda que, independente do local onde o doente procure para atendimento, todos os serviços tem por obrigação notificar a epidemiologia do município para acompanhamento do caso; em hipótese alguma deixamos de repassar a realidade local para todos os munícipes.”

Compartilhar nas redes sociais:

Mídia

Compartilhar nas redes sociais:

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Filtro por data

« Abril 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Mais lidas