Notícias
18 de Junho de 2020 às 08:20

Cras trabalha conscientização da violência contra pessoas idosas durante semana dedicada ao tema

Avalie este item
(0 votos)

Atenção, carinho, respeito. É o que todo mundo espera receber no dia a dia, principalmente os mais velhos. Mas nem sempre filhos e netos têm paciência com os idosos de casa, aí podem gerar situações bem complicadas, até de violência. O senhor Benedito Cândido, de 63 anos, afirma que sabe que existe essa situação “já vi sofrer na família nossa, até descombinei com um cunhado meu.”

A violência contra a pessoa idosa é uma realidade no Brasil. Em Borda da Mata não é diferente. Uma das maiores demandas do Cras é a denúncia ou pedido de socorro pelos próprios idosos acerca de todos os tipos de violência sofridas por parte de filhos adultos e familiares.

De acordo com a coordenadora do Cras Sebastiana Marques, Marcela Machado, “a ação do Cras nesse momento é tentar trazer a família para uma reunião com os técnicos da Assistência Social, muitas vezes também com os técnicos da Saúde, para entrar em um acordo. Trazer para essa família uma conciliação. Se a gente não tiver sucesso com as reuniões e com o acompanhamento, o caso é encaminhado ao Ministério Público para as medidas cabíveis.”

É aquela história do conflito de gerações e de interesses. O senhor José Benedito, de 66 anos, conta “os filhos hoje não obedecem aos pais, se eu falo ‘não vai’, eles falam: ‘o senhor não sabe nada’.”

Esta semana começou com o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa – 15 de junho. O Governo Federal lançou uma cartilha sobre o tema. O Governo do Estado deu início a uma campanha que se estende até o final do mês (15 a 29 de junho) para discutir a realidade e assim prevenir situações de violência com os idosos. E o Cras Sebastiana Marques, em Borda da Mata, segue no trabalho de mediação e conscientização das famílias.

No auge dos 72 anos, a senhora Marilene Freitas é categórica “os pais cuidaram tanto dos filhos e agora no fim da vida vai ser maltratado e abandonado? Então os filhos têm a obrigação de cuidar dos pais. ”

Compartilhar nas redes sociais:

Mídia

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Filtro por data

« Julho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Mais lidas