Notícias
05 de Junho de 2020 às 07:45

Cras realiza campanha de combate à violência contra a mulher em Borda da Mata

Avalie este item
(0 votos)

Você não está sozinha! A mensagem é de uma rede de apoio formada por mulheres com o objetivo de ajudar outras mulheres que sofrem com a violência doméstica. Com a participação de 17 mulheres, um vídeo divulga números de telefone que podem ser úteis para prestar ajuda, como da Central de Atendimento à Mulher, da Polícia Militar, do Cras de Borda da Mata e até um aplicativo da Polícia Civil de Minas Gerais.

De acordo com a coordenadora do Cras, Marcela Machado, “com a pandemia e o isolamento social, os dados apontam para o aumento expressivo das agressões contra mulheres, por isso o objetivo da campanha é indicar que existe em nosso município uma rede de apoio para que possamos ajudar na orientação e empoderamento dessas mulheres. Não apenas esposas, mas filhas, avós podem ser vítimas, agressões em geral contra a mulher”.

Segundo o Instituto Maria da Penha, a cada 2 segundos, uma mulher é vítima de violência física ou verbal no Brasil. Os números são preocupantes e indicam ainda a incidência de violência com arma de fogo, assédio no trabalho, perseguição na rua, além de ameaças.

A campanha idealizada pelo Cras Sebastiana Marques envolve profissionais da Saúde, Educação, Administração e Desenvolvimento Social da Prefeitura. Representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Apae e Conselho Tutelar, além de mulheres da comunidade participaram da ação. O Tribunal de Justiça também contribuiu com a campanha.

Para Elisete, participar da campanha foi uma maneira de alertar as mulheres que possam estar sofrendo com algum tipo de agressão "conversar com outras pessoas, procurar ajuda é importante sim porque tem muitas mulheres sofrendo."

 

As fotos foram tiradas em casa e enviadas para a coordenação do Cras/Comunicação. Outras fotografadas em ambiente de trabalho, mas com a devida distância respeitada, apenas o tempo necessário da fotografia. Por isso, apenas as profissionais de saúde, fotografadas na Unidade de Saúde estão utilizando máscaras. 

 

No vídeo, as mulheres apresentam a seguinte mensagem:

 

ESTE VÍDEO É SEM SOM PARA SUA SEGURANÇA.

ATENÇÃO, MULHER:

SE VOCÊ SOFRE ALGUM TIPO DE VIOLÊNCIA, QUE PODE SER FÍSICA, PSICOLÓGICA, SEXUAL OU PATRIMONIAL

OU CONHECE ALGUÉM QUE CONVIVE COM UM AGRESSOR,

EXISTE UMA REDE DE APOIO PARA TE AJUDAR.

VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHA.

TEM ALGUNS NÚMEROS QUE VOCÊ PODE LIGAR:

EM CASO DE URGÊNCIA – 190

CENTRAL DE ATENDIMENTO À MULHER – 180

CRAS 3445 4985

APLICATIVO DO PROGRAMA MG MULHER

NÃO SE CALE, PEÇA AJUDA

VOCÊ PODE COMBINAR UM CÓDIGO DE EMERGÊNCIA COM PESSOAS PRÓXIMAS

COMBATE A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

É UM DEVER DE TODAS NÓS

COMPARTILHE. ESTAMOS COM VOCÊ.

Compartilhar nas redes sociais:

Mídia

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Filtro por data

« Abril 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Mais lidas