Notícias
08 de Maio de 2020 às 02:27

Após aprovação do Plano Minas Consciente, Ministério Público faz mudança parcial de recomendação feita à Prefeitura

Avalie este item
(0 votos)

 

A Promotoria Única da Comarca de Borda da Mata fez uma mudança parcial na recomendação feita à Prefeitura quanto às medidas adotadas no enfrentamento da Covid-19. Em 30 de abril, seguindo recomendação do órgão, o comitê municipal de enfrentamento à pandemia decidiu pela revogação do Decreto 4.291, que permitia o funcionamento restrito e com adoção de normas sanitárias de prevenção ao vírus para restaurantes, lanchonetes, bares e academias.

 

“A recomendação exarada no dia 29 de abril de 2020, salvo no que diz respeito ao local de funcionamento da feira-livre, perdeu parcialmente sua razão de ser após a superveniência da Deliberação n. 39 do Comitê Extraordinário Covid-19, que aprovou o Plano Minas Consciente, razão pela qual Vossa Excelência, se assim desejar, poderá reestabelecer o processo de flexibilização das medidas de distanciamento social”, registra o despacho assinado pelo promotor Sérgio Brito Ferreira.

 

Com a mudança na recomendação da promotoria, o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 em Borda da Mata se reuniu na manhã de ontem (quinta-feira, 08 de abril) e deliberou pela adesão ao Plano Minas Consciente. Além disso, o grupo optou por tornar o uso de máscara obrigatório em espaços públicos, estabelecimentos comerciais, de serviços e nas indústrias.

 

Confira a íntegra do despacho da Promotoria de Borda da Mata:

 

 

 

Compartilhar nas redes sociais:

Mídia

Compartilhar nas redes sociais:

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Filtro por data

« Julho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Mais lidas