Notícias
%PM, %07 %815 %2019 %16:%Jan

Primeiro mutirão de cirurgia de catarata de 2019 atende 100 pacientes de Borda da Mata

Avalie este item
(0 votos)
Pacientes de Borda da Mata se preparam para a recuperação após as cirurgias de catarata. Pacientes de Borda da Mata se preparam para a recuperação após as cirurgias de catarata.

O ano de 2019 começou mais nítido para cerca de 100 pacientes de Borda da Mata! Eles realizaram a cirurgia de catarata no dia 05 de janeiro, em São Vicente de Minas, em um mutirão organizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Borda da Mata. Alguns desses pacientes já fizeram a cirurgia no primeiro olho no dia 19/12/2018, quando mais 100 pessoas também realizam o tratamento. É o caso da senhora Conceição Aparecida de Camargo Vieira de 70 anos. Ela conta que a visão já estava prejudicada pela catarata nos dois olhos “Operei os dois olhos [um em dezembro outro em janeiro] e agora já enxergo completamente”. Ela também observa o suporte da equipe de Saúde de Borda da Mata para a realização do tratamento “foi muito bom, não esperava tanto!”.

As cirurgias realizadas pelo SUS foram agendadas pela Prefeitura de Borda da Mata, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que chamou os pacientes da fila de espera do município. Os procedimentos aconteceram no hospital de São Vicente de Minas e para facilitar para os pacientes, a Secretaria de Saúde de Borda da Mata ofereceu transporte, lanche com cardápio balanceado para atender a demanda específica de cada pessoa e o acompanhamento de uma equipe com técnicos e enfermeiros para dar suporte aos pacientes nas duas viagens. Para José Roberto dos Santos, de 62 anos, que realizou a cirurgia no primeiro olho, “voltar a enxergar com qualidade é muito bom.”

De acordo com a enfermeira responsável pelo hospital em São Vicente, Maria Paula Meireles Almeida, já habituada a receber pacientes de outros municípios do estado, os bordamatenses se destacaram pela simplicidade e simpatia “O que a Secretaria fez pelos pacientes fez toda a diferença, pois além do tratamento ser custeado pelo SUS, o fato de oferecer lanche, transporte e toda uma estrutura de apoio torna essa cirurgia acessível para todos. Vimos também a generosidade em repartir o lanche trazido com pacientes de outras cidades.”

Para a secretária de Saúde, Rosaly Esther Vilas Boas Matozzo, muito mais que a preocupação constante de atender a demanda e zerar filas, tornar os tratamentos e atendimentos mais humanizados contribui para a recuperação e saúde de cada paciente “ligamos para cada paciente, agendamos, marcamos para o fim de semana, quando o atendimento é em outra cidade, arrumamos transporte, apoio com água e lanche para tornar o tratamento mais completo possível, de acordo com as nossas possibilidades”.   

 

Compartilhar nas redes sociais:

Mídia

Compartilhar nas redes sociais:

Galeria de Imagens

Compartilhar nas redes sociais:

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Filtro por data

« Março 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Mais lidas